quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Thiara Palmieri interrompe carreira
 para ser mãe e vira roteirista
Por Anna Luiza Santiago
Thiara Palmieri, que interpretou Amanda entre 2005 e 2006 em "Malhação", hoje trabalha como roteirista e produtora. Ela escreve seu primeiro filme, "Quase meio irmão", que deverá ser lançado em 2016.
- Quando meu filho nasceu, quis ser apenas mãe e fiquei três anos me dedicando a ele.
 Nesse tempo, estudei roteiro, organizei minhas ideias e pude me conhecer melhor. 
A vontade de ser atriz diminui e a de ser produtora cresceu. Então surgiu o projeto do filme e depois entrei para a produção.
 Trabalhei no canal E! e hoje estou na Record, fazendo o programa online de 'A fazenda' - conta ela, casada com Leonardo Santana há sete anos e meio.
Segundo Thiara, a personagem ainda é muito lembrada. Ela, que também foi apresentadora da "TV Globinho", mantém contato com atores da época da novela, como Ícaro Silva e Fernanda Vasconcellos:
- É impressionante como as pessoas lembram. Acho que é porque não mudei muito fisicamente. Marcou demais e fico feliz por isso.
 Confesso que não sinto saudades, atuar não é mais prioridade na minha vida. Não posso dizer que dessa água não beberei mais, mas atualmente estou apaixonada pelo meu trabalho.

FONTE\OGLOBO

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Após 7 anos, Pato Fu lança novo disco,
 'Não Pare Pra Pensar' e libera dois clipes
Banda Pato Fu volta com material inédito e novo bateirista:
 sai Xande e entra Glauco, do Tianastácia

O Pato Fu está de volta. Nesta terça-feira, 21, a banda liberou os dois primeiros clipes do disco Não Pare Pra Pensar, com as músicas inéditas You Have To Outgrow Rock'n Roll e Cego Para as Cores. Este é o primeiro álbum em sete anos do grupo. 
Em 2010, eles chegaram a gravar um disco de músicas infantis, chamado Música de Brinquedo, considerado um projeto paralelo da banda. 
A nova fase do Pato Fu vem com uma mudança de bateirista. 
"O Xande resolveu se dedicar integralmente aos seus projetos próprios como o Preto Massa e Knobya, e por isso está deixando a banda, sem nenhum tipo de briga e com o espírito animado de quem escolheu uma nova aventura. 
De todo coração, desejamos toda sorte do mundo pra esse grande amigo nessa nova fase.
 Xande é um baterista fenomenal com talento e caráter de sobra pra tocar com os melhores músicos do mundo. 
Com certeza a gente ainda vai se cruzar por aí, dividindo palcos", diz a banda em comunicado. Quem o substituí é Glauco do Tianastácia. 

O disco entra em pré-venda a partir de ontem dia 21. 
Confira os novos clipes:
FONTECARAS
Luís Miranda fala sobre homossexualidade:
 'Vou a passeata gay, já levei namorados em casa'
Luis Miranda, que interpreta a personagem transgênero Dorothy Benson, da novela das 19h, "Geração Brasil", falou abertamente sobre homossexualidade à revista "Contigo!".
-  Todo mundo dentro do meu círculo de amigos sabe, não tenho problema nenhum com isso, nem de ser gay ou apontado como gay. 
Vou a passeata gay, já levei namorados para minha casa, apresentei para minha mãe e tudo - disse ele.
Aos 44 anos, o ator não descarta a possibilidade de filhos.
- Tenho vontade ter filhos. Não sei se serão naturais ou adotados, não sei o que a vida ainda pode me reservar. 
Falo com toda a franqueza. Amanhã ou depois eu poderia me encantar por alguma menina e, de repente, tentar uma vida com ela.

FONTE\OGLOBO
Joana Machado diz que teve depressão
 após ganhar R$ 2 milhões
A personal trainer conta que se assustou com o assédio após vencer reality show, 
quer virar apresentadora e diz como perdeu quatro quilos em 20 dias.

Por Eliane Santos
Quem encontra o mulherão de 1,72m de altura e corpo impecavelmente em forma – mas ainda sendo trabalhado - tem a plena certeza que nada intimida Joana Machado. 
Mas isso não é bem verdade. Ela precisou rever conceitos, se reinventar para voltar à baila. 
Segundo a personal trainer -  que por muito tempo foi conhecida como imperatriz, por ter namorado o jogador Adriano - , esse foi o motivo de ela ter ficado afastada dos holofotes por um ano.
 Ela também precisou entender quem de fato era após sair do reality show “A fazenda”, do qual saiu vencedora, com R$ 2 milhões no bolso e deprimida.
É isso mesmo. Segundo ela, a exposição excessiva, o assédio e a falta de costume com esse interesse todo sobre a sua vida a levaram a uma depressão. 
“Quando saí da ‘Fazenda’, tive depressão. Não sei por quê. Eu me senti um pouco invadida. Amo meus fãs, mas achei minha vida muito diferente do que era.
 Tive que ir me acostumando de novo, quis ficar próxima da minha família e me adaptar”, lembra Joana, que foi procurar ajuda de uma psicóloga e cuidar da família. 
Agora, com tudo no lugar, ela volta cheia de planos.  Quer ser apresentadora de TV.
 Para isso, está remodelando o corpo – malhando menos, fazendo dieta, com a qual já perdeu quatro quilos -, fazendo aulas de teatro e preparando um blog para dar dicas de moda e beleza.
Você está há um ano afastada da mídia. Por que sumiu?
Quando saí da “Fazenda”, eu tive uma depressão. Não sei por quê. Não sei se lá eu me sentia protegida. Quando saí, me senti um pouco invadida. Amo meus fãs, mas achei minha vida muito diferente do que era. Tive que frequentar uma psicóloga, que disse que essa reação era normal em participantes de reality show, e tive que ir me acostumando de novo com a minha vida. Com a coisa de ser abordada sempre, não poder fazer qualquer coisa... Quis ficar muito próxima da minha família e me adaptar novamente.

Mas você não era uma pessoa exatamente desconhecida. Já tinha a fama de imperatriz, por ter namorado com o Adriano, havia posado para o Paparazzo, para a revista "Sexy"... Por que acha que a fama a intimidou tanto assim?
A fama aumentou muito e, dentro do reality, você fica confinado, não sabe de nada do que está acontecendo aqui fora. Lembro que quando minha mãe foi me buscar, ela falou que eu tinha rede social com 30 mil seguidores.

Quando você entrou no reality show, qual era a sua expectativa? Achava que iria ganhar?
Não achava, não (risos). Achava que se ficasse duas semanas, eu iria bem, mas minha mãe não acreditava que eu fosse conseguir. Sou uma pessoa muito oito ou oitenta. Meu objetivo era mostrar realmente quem eu sou, não o que uma parte da imprensa pintou sobre mim. Era uma imagem muito negativa, a da Joana barraqueira, aquela que foi lá quebrar carros (ela se refere ao episódio da época em que namorava o jogador Adriano e que teria acabado com uma festinha de jogadores de futebol e quebrado os vidros dos carros deles. Joana teria sido amarrada em uma árvore para se acalmar), mas não sabem o motivo, nem o porquê disso. Reverter essa imagem é muito melhor que o prêmio de R$ 2 milhões. Pude mostrar que sou uma pessoa que tem coerência, que sou justa, que brigo pelas coisas que acho certas. Não sou nenhuma louca.

E o prêmio, gastou tudo? Está aparecendo de novo porque acabou o dinheiro?
Não, nada a ver. Sempre fui uma pessoa de classe média, que morava na Zona Sul do Rio. Mas nunca tive o meu apartamento. Morava com meus pais. Meu sonho era ter uma coisa minha e proporcionar algo para os meus filhos. Comprei dois apartamentos na Barra da Tijuca, na Zona Oeste. Aí, não é que o dinheiro tenha acabado, ele só está investido nos apartamentos.
E quais são os planos para agora?
Como disse, sou oito ou oitenta, e agora estou voltando com tudo. Estou fazendo aula de teatro e quero ser apresentadora. Quero me aperfeiçoar, ter bagagem, mas já teria plena condição de ter um quadro meu em um programa. Até porque aprendi muito com o Marcos Mion, quando participei do “Legendários”.

Você também está malhando muito. apesar de já ter um corpão. Precisa disso?
Precisa porque quero ficar mais fininha para a TV. Sempre fui muito sarada. Daí, mudei o estilo da minha malhação, agora estou malhando com pouco peso, fazendo treino funcional e dieta. Coisa que nunca fiz na vida! Sempre comi o que queria, era chocólatra. Agora cortei lactose, glúten e já perdi quatro quilos em 20 dias. Além disso, estou montando um blog que vai falar sobre moda e beleza. Acho que o pessoal vai gostar. 
Como se define hoje?
Hoje sou uma pessoa focada, determinada e que preza pela saúde e bem-estar. Não adianta cuidar do corpo e não cuidar da cabeça.

FONTE\EGO
Gian nega que briga tenha motivado
 fim de dupla com irmão: 
'Foi financeiro'
'Ele deve pensar que ganha cinco agora e vai passar
 a ganhar dez', disse o sertanejo sobre Giovani.

Por Priscila Bessa
Para tristeza dos fãs da dupla Gian e Giovani parece que a parceria entre os irmãos chegou mesmo ao fim e dificilmente terá volta. 
Na semana passada Giovani respondeu a um fã que questionou sobre uma possível retomada da dupla em seu perfil no Instagram explicando que a parceria chegou ao fim por conta de uma briga dos dois em que ele teria sido atacado por Gian levando socos e pontapés. 
A coluna de Fabíola Reipert publicou um print do comentário do sertanejo. 
Procurada, a assessoria de imprensa da dupla negou o episódio e alegou que o perfil atribuído a Giovani era falso.
 Entretanto, nesta terça-feira, 21, Gian conversou com o EGO e esclareceu o episódio.
"Não é verdade (que a dupla terminou por conta da briga). Esse assunto está morto e enterrado. 
O motivo pelo qual ele está querendo desfazer a dupla é muito mais por questões profissionais e financeiras, do que ele acha melhor para ele, do que qualquer outra coisa.
 O que houve nem foi briga, foi uma reação. Quando fui passar por ele no ônibus ele estava no caminho. 
Na segunda vez que passei ele levantou o cotovelo e eu reagi. Durou pouco tempo. Foi uma reação e só. Não foi uma briga longa. Não foi nada disso", minimizou o cantor.
De acordo com Gian, depois do desentendimento eles fizeram as pazes. "Isso para mim está encerrado. 
Passaram uns quatro ou cinco dias, eu conversei com ele e pedi perdão. Disse que me senti mal e que não queria ter reagido daquela forma. 
Não pedi perdão só uma vez não, pedi duas vezes. Na ocasião eu chorei, ele chorou. 
Nunca na vida tinha sequer discutido com meu irmão", afirmou ele, que disse que a desavença aconteceu há sete ou oito meses.
Gian negou que tenha dado socos e pontapés em Giovani. "Não tem nada de soco, pontapé.
 Eu reagi com um soco que nem pegou nele e depois segurei ele por uns 20 ou 30 segundos, daí tudo parou. Não sei porque ele coloca como soco e pontapé... 
E se já acabou o Gian e Giovani achei que esse assunto também tinha acabado. Ele deve estar sendo cobrado pelos fãs e quer dar uma justificativa, daí fala isso", comentou.
Questionado se não há chance de a dupla retomar o trabalho, foi enfático: "Não tem porque ele não quer. 
Ele deve pensar que ganha cinco agora e vai passar a ganhar dez. Deve ser mais interessante para ele. Há quatro anos ele vem tentando fazer isso.
 A gente senta, conversa, o empresário fala, eu argumento e daqui a pouco ele volta nisso. 
Há muito tempo ele quer seguir a carreira solo e é uma opção dele. 
Se tivesse a ver com a briga ele não teria tentado fazer isso há dois ou três anos.
 Ele quer experimentar isso e talvez tenha que viver essa experiência para não ficar na dúvida do que poderia ter sido", disse ele conformado.
"Já esgotei a minha cota de argumentos com ele. Teve um ano que chegamos a decidir que era o encerramento da dupla apesar de não divulgarmos isso, mas ele mesmo desistiu. 
Depois em outra ocasião ele anunciou o fim da dupla para todos os contratantes e não foi para a frente. 
Aí dessa vez ele nem falou comigo e botou direto no Instagram dele. Fiquei sabendo mais pela imprensa e amigos que vieram me perguntar. 
Me mostraram o print das coisas que ele publicou. Agora eu tenho é que pensar no meu futuro que ainda não está definido", contou Gian.
Foi com o violão de Francisco, pai dos dois, que Gian e Giovani começaram a ter contato com a música. 
Também foi Francisco quem percebeu o talento dos filhos e se tornou grande incentivador para que eles começassem a tocar profissionalmente.
 Questionado sobre como o pai recebeu a notícia, comentou: "Conversei bem pouco com ele. 
Chegou num ponto que ele só quer que a gente fique em paz. Se a gente ficar em paz está bom".
O anúncio do fim da dupla foi feito na sexta-feira, 10, através de um comunicado divulgado à imprensa.
 O comunicado veio após um post de Giovani no Instagram publicado dois dias antes falando sobre a vontade de seguir carreira solo. 
Gian sofreu um AVC no final de setembro e ficou internado no hospital Albert Einstein, em São Paulo.

FONTE\EGO
QUIZ
QUEM SOU EU?

PISTAS:

1- Sou uma atriz, comecei a minha carreira na novela "Top Model". Meu último papel foi marcante.
2- Um dos papeis mais difícil da minha carreira até hoje foi na novela "Vida da Gente que minha personagem ficava 4 anos em coma. Recentemente namorei um humorista famoso.
3- Sou cantor e ator. Faço sucesso com o público teen. Protagonizei uma temporada de "Malhação"
4- Sou ator, já fiz várias novelas. Minha vida amorosa está sempre sendo manchete de revistas e sites de fofocas, pois já namorei e fui casado com inúmeras famosas, e a grande maioria são bem mais velhas do que eu.
5- Comecei minha carreira muito cedo. Ganhei o concurso  "A criança mais bonita do Brasil". Tenho uma pinta famosa...
6- Fiquei conhecida nacionalmente após participar de uma reality show e ficar em 2º lugar. Sou casada com um ator famoso.
7- Sou ator. Participei de várias novela e minisséries da Globo. Atualmente trabalho na Record e sou protagonista de uma minissérie Bíblica.
8- Comecei minha carreira como cantor, sou ator e já fiz várias novelas. Atualmente apresento um programa que já ganhou diversos anos o prêmio "Melhor programa do ano".
9- Comecei minha carreira como atriz mirim. Atualmente estou com 17 anos e sou ruiva.
10- Comecei minha carreira na novela "Top Model", fui casada com um famoso diretor de tv, que é pai de minha primogênita Giulia. Ele faleceu recentemente. Atualmente sou casada com um apresentador e ator,e temos uma filha.
11- Comecei a minha carreira na novela "Final Feliz" em 1982. Meu personagem de maior sucesso foi o alcoólatra Bira na novela "Páginas da Vida".
12- Um dos personagens mais louco que já interpretei foi um "Espelho" que falava na novela "O Beijo do Vampiro" onde meu personagem recebia um castigo e ficava preso pra sempre nele.
13- Sou filha de um famoso humorista brasileiro. Fui casada com um cantor/ator que é galã até hoje, por onde ele passa as mulheres deliram... Tenho 4 filhos, 3 mulheres e um homem. As três mulheres, também são atrizes.
14- Sou atriz. Fui casada com o jornalista e apresentador Pedro Bial e temos um filho que se chama Theo.
15- Sou ator. Atualmente meu personagem disputa a guarda da minha filha na justiça.
16- Na novela "O profeta" fiz o personagem Jonas. Meu último trabalho na televisão foi em 2011 na novela "Aquele Beijo" como Tibério.
17- Sou atriz. Comecei minha carreira durante a adolescência, meu primeiro namorado, o que perdi a virgindade foi meu par romântico na  minissérie "SexAppel" que interpretava o Beto.Atualmente sou casada com um diretor de Tv.
18- Protagonizei o filme Olga.Minha  última participação na televisão, foi na novela "Avenida Brasil".
19- Sou um experiênte ator brasileiro, já fiz mais de 30 novelas. Um dos meus personagens mais marcantes foi Nonô Corrêia na novela "Amor com Amor se Paga". Meu mais recente personagem foi na novela "Gabriela".
20- Sou um ator brasileiro. Já fiz várias participações em Hollywood. A primeira delas foi no seriado "Lost".
 21- Já protagonizei três novelas, uma delas dividi o papel de protagonista com Deborah Secco e Murilo Benício, Fernanda Lima e Marcos Pasquim.Pois a história era sobre 5 amigos de infãncia...
22- Sou uma atriz, nasci no México. Mais fui criada no Brasil. Minha personagem mais dificil de interpretar até hoje foi a Bela mais feia,pois eu prescisava usar aparelho nos dentes, e me caracterizar todos os dias. Isso levava cerca de 2hs.
23- Sou um ator e cantor. Estou com 82 anos. Em 1970 foi o vencedor da fase brasileira do V Festival Internacional da Canção com a canção soul "BR-3. Já fiz muitos personagens. O mais recente foi na novela "Escrito nas Estrelas" como Ezequiel.
24- Já fiz inúmeras novelas e minisséries, recentemente pude rever a minissérie "Noivas de Copacabana" na qual eu interpretava o advogado do Donato, o assassino de noivas vivido pelo ator, autor e diretor Miguel Falabella. A minha mais recente participação em novelas foi na novela Lado a lado.


FONTE\INTERNET

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Ivete Sangalo revela que
 está tentando engravidar:
 "Não estou usando nenhum método contraceptivo"
Por Guiherme Samora
Cantora respondeu às perguntas enviadas pelos leitores ao site de QUEM, falou sobre a rotina ao lado do marido, Daniel Cady, e contou dos planos de aumentar a família.
Comemorando 20 anos de carreira e para marcar a nova idade de QUEM, Ivete Sangalo respondeu a 14 perguntas dos fãs, enviadas ao site da revista. 
Franca e cheia de bom humor, ela falou ao editor Guilherme Samora da rotina ao lado do marido, Daniel Cady, de 29 anos, e do filho, Marcelo, de 5.
 A cantora afirma que o respeito é o segredo para manter a boa relação com o nutricionista e revela que está tentando engravidar. Aos 42 anos, Ivete diz ainda não ter medo do passar do tempo.
1. Que balanço você faz dos seus 20 anos de carreira?
Jaqueline Batista, São Paulo (SP)
Um saldo positivo, sem dúvida. Eu vivi 99% de coisas maravilhosas, com meus fãs, minha música, realizando projetos que nunca imaginei na minha vida. E esse 1% de coisas que podem ter sido difíceis me ajudou a ser uma artista menos louca, menos obcecada por trabalho, vivendo com equilíbrio. Até as dificuldades foram essenciais para o meu crescimento e sou muito feliz com tudo.

2. Como administra carreira, filho e marido, ainda por cima mantendo sempre o bom humor?
Rosana Vieira, por e-mail
Acho que o bom humor é a fonte de tudo. Hoje, minha família é prioridade. Mas minha carreira melhorou muito, minha performance artística também. E tudo por eu ser mãe, por ter encontrado uma pessoa que amo. Tudo é um ciclo energético: sou feliz como pessoa e dentro disso está a maternidade, a vida em família, a realização profissional... E tudo vai se conectando.

3. O que ainda falta realizar em sua vida?
Gabrielle Andrade, Aracaju (SE)
Eu sou uma pessoa intensa. Mas não imaginei nunca realizar as coisas que realizei. Então, prefiro deixar tudo acontecer. O DVD na Arena Fonte Nova (em comemoração aos 20 anos de carreira) foi a coisa mais linda! E ele foi uma ideia que nasceu e, quando eu estava lá, percebi que era um sonho. Uma coisa maravilhosa! Não sou ansiosa, não crio expectativas. Não sei o que virá amanhã. Quero cantar bem e estar feliz com isso. Não quero levar nada negativo na minha voz. Então, se tiver que falar um sonho, seria este: manter sempre a minha alegria.

4. Se fosse invisível por um dia, o que faria?
Sandra Ferreira, Porto Alegre (RS)
Ah, se fosse invisível por um dia, pularia Carnaval no meio do povo!

5. Se não fosse cantora, o que seria?
Rosa Andiglieri, Novo Hamburgo (RS)
Eu seria atleta, triatleta.
6. O que a deixa de mau humor?
Juliana Cristina, por e-mail
Falta de respeito. Qualquer forma de preconceito e de falta de respeito com o indivíduo. Pessoas em filas em hospitais esperando atendimento, crianças se envolvendo com crack por não ter escola e os pais em jornadas triplas para sustentar a casa... Preconceito racial e religioso, bullying. Tudo isso é um veneno para mim.

7. O Marcelinho já manifestou vontade de seguir a carreira artística?
Anna Pessanha, São Paulo (SP)
Meu filho adora brincar, é muito espontâneo. E vindo dele, a gente aplaude e ama. Ele tem outras aptidões. É espontâneo, é dele... Mas é tudo uma brincadeira ainda. Quando ele tiver maturidade para fazer suas escolhas, vamos respeitar. 

8. Como é a Ivete mãe? E qual a importância do limite para o seu filho?
Mario Gonçalves, Guarulhos (SP)
Eu sou de tudo um pouco. Não acredito na opressão, acredito no diálogo e sempre falo para o Marcelo: “Você veio para ser meu filho e terá essa pessoa aqui para cuidar de você, para te guiar, te dar caminhos”. Tenho minha responsabilidade, mas tudo regado a muito amor. Sou uma mãe bem-humorada, flexível e, acima de tudo, uma mãe que ama. E como uma mãe que ama, tenho que dar limites e rotina, o que é bom para ele. E muitas vezes, para discipliná-lo e dar limites, eu fujo aos meus. É difícil, pois é necessário ter paciência. Eu amo meu filho e quero que ele seja um homem de bem. Então, meu tempo é dedicado a isso.

9. Quando vem o segundo filho?
Janaína Oliveira, Salvador (BA)
Eu estou relax. Não estou usando nenhum método contraceptivo. Estou deixando a cargo de Deus. E vou dar um deadline aí. Se for necessário, depois disso busco ajuda (profissional).

10. Qual o segredo para um casamento de sucesso?
Clarice Moreira, por e-mail
Sentimento e companheirismo superam toda e qualquer movimentação que possa existir em um casamento. Quando se está a dois, o companheirismo faz você acreditar naquela união. Engraçado que, quando a gente se junta, mora na mesma casa, é aí que se exercita a privacidade. Nesse caso, você tem que pensar nos seus sonhos e nos do outro. É um balanço, um respeito. Respeito é a palavra-chave.

11. Muito se fala dos seus pernões. Essa é a parte favorita do seu corpo?
Eduardo Salvador, por e-mail
É! Agora estou mais magrinha, estou percebendo mais a cinturinha, as curvinhas... Estou focada em uma dieta, uma reavaliação. Como bem, mas estava comendo muito. A qualidade sempre houve, mas agora me reeduquei com o volume, combinado a exercícios. Mas, indiscutivelmente, as pernas são meu cartão de visitas.

12. Você tem medo de envelhecer?
Débora Figueira, Campinas (SP)
De jeito nenhum! Me sinto tão melhor hoje! Fisicamente, muita coisa muda, o metabolismo fica mais lento. Antes, eu fazia uma dieta e em 15 dias entrava naquele vestido. Hoje, são três meses. Mas eu continuo me sentindo bonita. Aliás, me sinto mais bonita hoje. E muito mais madura e realizada.

13. Tem algum truque de sedução?
Célia Almeida, Rio de Janeiro (RJ)
A voz em primeiro lugar. Mas o diálogo, a cabeça, são primordiais. Principalmente depois que se está há muito tempo junto com a pessoa. Uma roupa legal, um cabelo diferente também são bons!

14. Quais são os prós e contras da fama?
Priscila Molina, Santo André (SP)
O aplauso é maravilhoso! A fama é um reflexo de estar dando certo o que faço. Eu me propus a uma coisa para o coletivo e esse é um retorno. Não posso ir ao shopping, mas tudo bem. Eu posso viajar para outro país e fazer isso às vezes. Então, não tenho problema nenhum.

FONTE\QUEM
Deborah Secco, sobre malhação:
 "É um período que tiro para cuidar de mim"


Por Beatriz Bourroul
Atriz revelou para QUEM que não faz dieta, que adora ter a agenda cheia e que os boatos de que estaria tendo um affair com o dentista Betinho não procedem:
 "Ele já me deu carona para o aeroporto e criaram essa história, mas realmente não temos nada a ver".
Deborah Secco esteve na inauguração do novo salão de beleza de Marcos Proença, no domingo (19), em São Paulo.
 A atriz estava na capital paulista para divulgar o filme Boa Sorte, do qual é protagonista.
Atualmente na novela Boogie Oogie, a atriz chegou ao evento deslumbrante em um vestido preto justinho e decotado, e ostentando uma bolsa vermelha Chanel. 
"Essa bolsa é uma Chanel que ganhei do Alê de Souza (beauty artist queridinho das celebridades). Quem tem amigo tem tudo, né?", brincou ela, em entrevista para a QUEM.
Boa forma
Com o look revelando suas curvas, Deborah também contou como mantém a forma: "Malho seis vezes por semana, uma hora e meia por dia. É um período que tiro para cuidar de mim. Coloco o fone, malho e adoro." E quem pensa que a dieta da atriz também é parte do estilo de vida saudável dela, se engana: "A minha dieta é uma vergonha. É até feio falar. Realmente como brigadeiro quase todos os dias. Não tenho uma alimentação exemplar", confessa.

Boatos de novo namorado
"Realmente, eu não tenho nada com o Betinho (dentista apontado como affair da atriz). Ele está com uma amiga minha e formam um dos casais mais lindos que eu conheço. Ja fiquei na casa deles quando venho a São Paulo, ele já me deu carona para o aeroporto e criaram essa história, mas realmente não temos nada a ver."
Agenda cheia
"É verdade que farei a nova novela das 11. Emendarei praticamente o fim de Boogie Oogie com a trama do Walcyr Carrasco", disse ela, contando que não se importa com o ritmo intenso de trabalho: "Gosto de trabalhar e, por enquanto, nada me impede de ter a agenda dedicada a isso."

Cabelos
Camaleônica, Deborah afirmou que cuida dos cabelos com Marcos Proença desde que atuou na novela Pé na Jaca. "São muitas mudanças no visual. Não sei o que tenho por baixo. Faço tudo o que o Proença manda para que evitar que fique danificado."

Sonho realizado
"Meu filme Boa Sorte foi selecionado para a Mostra de Cinema de São Paulo. Cheguei atrasada aqui porque participei da apresentação dele hoje e fiquei para o debate. Peço desculpas pelo atraso, mas é a realização de um sonho estar com um filme na mostra."

FONTE\QUEM
Belo emociona fãs em primeiro 
show após diagnóstico de estafa
Cantor recebeu o EGO na madrugada desta terça-feira, 21 e
 contou detalhes sobre o seu afastamento temporário dos palcos.

Por Léo Martinez
Vinte e dois dias depois de ter sido diagnosticado com estafa, Belo se apresentou na madrugada desta terça-feira, 21, para centenas de fãs durante um show em São Gonçalo, no Rio de Janeiro.
Veja no vídeo acima uma entrevista exclusiva com o cantor Belo e imagens do seu primeiro show após 22 dias afastado dos palcos.
"Estou 100% feliz agora. Não é que eu esteja de volta. Na verdade foram apenas umas férias forçadas depois de oito anos direto trabalhando.
 Estava sem tempo para o Marcelo (seu verdadeiro nome) e acabei ficando estafado e muito estressado", disse ele ao EGO durante uma conversa ainda no camarim. 
Depois de cantar a primeira música, Belo recebeu o carinho dos admiradores e foi ovacionado com gritos de "Belo, eu te amo!"
Já recuperado, o cantor comentou ainda sobre as suas atividades durante os dias em que esteve afastado dos palcos:
 "Foram alguns dias de sinusite até me recuperar. Depois aproveitei a piscina, os meus cachorros e a minha esposa."
Questionado sobre a agenda de compromissos que precisou cancelar, incluindo apresentações no Nordeste do Brasil, ele declarou:
 "Vou retomar todos os shows, refazer toda a agenda. Tenho um carinho muito grande pelas pessoas do nordeste", contou.
E para 2015, Belo já programou suas férias que desta vez serão aproveitadas no tempo merecido: "Já planejei tudo. Não vão ser 30 dias. Talvez 10 ou 15, mas vou me permitir isso, eu preciso. Não vou contar ainda o destino da viagem, mas é fora do Brasil."

Entenda o caso
Os problemas de Belo teriam começado depois de encarar uma rotina intensa de trabalho nos preparativos de seu novo CD, juntamente com a rotina de shows.
O primeiro sinal de que a coisa não ia bem aconteceu no dia 13 de setembro, quando ele sentiu-se mal, foi hospitalizado e teve que cancelar um show em Aracaju.
O cantor teve alta no mesmo dia, mas recebeu a recomendação médica para evitar viajar de avião. Ele manteve a agenda de shows para lugares próximos, mas não conseguiu se recuperar da estafa.

FONTE\EGO
Rita Elmôr, que foi Clarice Lispector no teatro
 há 16 anos, é confundida com escritora
Por Florença Mazza
No ar em “Boogie oogie”, Rita Elmôr foi Clarice Lispector no teatro em 1998. Até hoje, volta e meia vê fotos suas veiculadas como se fossem da escritora.
 “Conhecimento prático literatura”, revista da editora Escala, está nas bancas com ela na capa ao lado de Cecília Meirelles e Hilda Hilst.
- É chato me confundirem - lamenta a atriz.

FONTE\OGLOBO
FOFOCANDO NA WEB

Fofoca 1
Uma famosa cantora que jura ter uma "familia perfeita" está vivendo um verdadeiro horror dentro de casa.
Tudo porque seu excelentíssimo maridão, que é alguns anos mais novo que ela, está tendo um caso com uma das secretárias que trabalham em seu lar... 
A cantora não sabe o que fazer, pois ele disse que se ela colocar a moçoila para fora, despedindo-a ele vai junto.
Uiiii!!!

Fofoca 2
Famoso apresentador está com um DST (Doença Sexualmente Transmissível) e não sabe como dará a noticia a sua esposa, já que o médico pediu para que ela também tome uns remedinhos que receitou para ele.

Fofoca 3
Famoso dos anos 80, não sabe mais o que fazer para voltar para a midia, o rapaz andou até mandando e-mails para alguns programas de fofocas alegando que é impotente, que virou gay,que teve um caso com um famoso apresentador para vê se alguém dá espaço para ele, mas ninguém se interessou kkkk
O que eles não fazem para aparecer...
Tádico!

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Klebber Toledo:
‘Se vejo uma senhora atravessando
 a rua, vou dar a mão’ 
Por Leo Dias
Klebber Toledo é aquele genro que toda mãe pediu a Deus. Além do corpo escultural e do par de olhos azuis, Klebber é do tipo que ajuda idosos na rua e não faz questão de transgredir regras.
 Ao contrário. O moço certinho não é adepto de bebedeiras e, sempre que sai para curtir a noite, fica na função de cuidar dos amigos.
“Geralmente sou o cara que está sempre de carro. Nunca fui de sair e encher a cara”, contou. 
Solteiro, Klebber diz que não beijou ninguém desde que seu namoro de três anos e meio com Marina Ruy Barbosa chegou ao fim. 
“Não tive nenhum relacionamento ainda. Estou muito focado no meu trabalho”, diz o intérprete de Leonardo em ‘Império’. Com vocês, o príncipe que fugiu da Disney! Ops! Klebber Toledo!

No primeiro dia de ‘Império’, lembro que você não confirmou que Leonardo era homossexual. Ele é bissexual, é isso?
Acho que me interpretaram mal. Eu tive relatos de pessoas que tiveram um relacionamento homossexual apenas uma vez e que foi de carinho, de sentimento, que não necessariamente se repetiu pela condição do sexo. Quis deixar meu personagem se colocar dessa forma, como essas pessoas que se relacionam com outras do mesmo sexo, mas que não se definem como homossexuais. Evitei o rótulo. Ele é apaixonado pelo Claudio (José Mayer) e, por amá-lo, não conseguia dar continuidade aos relacionamentos que ele tinha com as mulheres.

Você, Klebber Toledo, acredita que as pessoas se apaixonam por pessoas e não por sexos? 
A pessoa se apaixona pela pessoa, pela admiração, não simplesmente pelo corpo masculino ou feminino. Acho que a coisa é maior que isso: a pessoa se abre do fator opção sexual para viver um sentimento. Acho interessante e diferente, porque nunca tinha pensado nisso e é exatamente assim.

Agora, passado o início da novela, acho que você está mais relaxado com o personagem gay, não? Eu sentia você meio travado.
Não, não estava travado não, Leo. Eu não conhecia realmente o personagem, então eu tinha cuidado ao falar dele. Foi isso. Pelo contrário, não era travado, havia uma ansiedade no desenvolver dele. Eu não podia apresentar um peguete do Claudio, porque não era. As pessoas tinham que entender que ali existia uma história de amor.

Te cansam as perguntas sobre beijo gay?
Não me cansam, não. Até porque, graças a Deus, a gente tem oportunidade de falar sobre isso em todos os veículos: rádio, TV, internet e impressos. É bom que haja interesse das pessoas e eu sempre soube que isso iria acontecer.

Você chegou a dizer em uma recente entrevista que pegou dicas com o Marcelo Serrado, que deu vida ao Crô de ‘Fina Estampa’. Como foi?
Marcelo é um cara muito querido. Encontrei com ele no Festival de Cannes, e ele veio comentar sobre esse personagem que o Aguinaldo (Silva, autor da novela) me deu. Lembro que ele falou assim: “Independentemente da forma que você for fazer esse personagem, faça com verdade”. Ele rendeu muitos elogios ao Aguinaldo, assim como eu.

Você é visto como um príncipe. Isso te incomoda de alguma forma?
Não me incomoda. Sou um cara que tenta fugir dos rótulos, como te falei no início da entrevista. Mas isso aí faz parte. E que bom que as pessoas pensam isso. Não é uma coisa ruim, que remeta a chatice, é algo bom. Acho que essa visão é pelo meu jeito de respeitar o certo. Não tem a menor chance de eu fazer mal para alguém. Não sou um cara de briga. Eu respeito as pessoas. Se vejo uma senhora atravessando a rua, vou dar a mão, vou ajudar, acho que gentileza gera gentileza. Acho que é a partir daí que surge esse rótulo.

Resumindo: você é um príncipe. Parar para ajudar a velhinha a atravessar a rua é coisa de príncipe, Klebber.
(Risos). E eu ainda troco ideia, irmão. Adoro bater papo, converso com todo mundo. Se alguém um dia tivesse oportunidade de participar do meu dia a dia iria ver que, por onde eu passo, puxo conversa. É engraçado. Quando chego no Projac, começo a cumprimentar as pessoas desde a portaria. Converso com o segurança, pergunto como estão as coisas, depois chego na sala de cabelo e maquiagem, cheia de pessoas maravilhosas, e falo à beça. Elas participam muito da minha rotina, não tem jeito. Nos restaurantes que eu vou, já conheço as pessoas, chego colocando o papo em dia, sabe? Isso tem a ver com a minha família também, que é do interior. Eu gosto de chamar as pessoas pelo nome e estar perto. Se depender da nossa correria, não temos tempo nem de olhar para as pessoas.

Me conta como foi a sua criação? Quero saber da sua história em relação à sua família.
Ah, cara, sou um sujeito privilegiado. Todo mundo fala que eu nasci no interior de São Paulo, em Bom Jesus, mas, na verdade, foi na capital mesmo. Fui para o interior com 7 anos, tinha uma vida simples. Frequentei colégio público… Eu era um pouco bagunceiro. Fui ficando mais velho e comecei a jogar bola, depois saí de casa, morei em república…

Morou em república?
Morei.

Você falou que tinha uma vida simples. Como era?
Simples porque, quando eu não tinha dinheiro da passagem para ir ao treino, eu pegava a bicicleta e ia. Às vezes, quando tinha alguma festa, nós íamos caminhando cerca de oito quilômetros para chegar. Festa naquela época era se reunir na praça, bater papo e comer pastel. Era a diversão de jovem, que não era latente como hoje. Não sou um cara de ficar pedindo e, quando saí de casa, não foi diferente. Eu tinha que batalhar pelo que eu queria. Trabalhei como garçom em eventos, como modelo, bartender, monitor de festa infantil… Já passei dificuldade. Minha criação foi com uma mãe maravilhosa, religiosa, que acredita muito em Deus. Já faz 15 anos que saí de casa e nos falamos todos os dias. Minha família é muito unida.

Você tem irmãos? 
Tenho um irmão mais velho. Ele é aquela pessoa de coração bom, não tem jeito. Temos o nariz igual (risos).

Você já fez algo transgressor na sua vida?
Como assim?

Você é tão certinho, do interior, já teve algum dia de loucura? Tipo bebedeira, sabe?
Sou garotão, gosto de sair à noite, mas seguro a onda. Gosto de cuidar das pessoas. Geralmente sou o cara que está sempre de carro, nunca fui de sair e encher a cara. Um dia desses fui viajar com uns amigos e meio que fiquei segurando a onda deles. Tipo, no controle da situação. Claro, já brinquei muito, já dancei pra caramba… Hoje, com quase 30 anos, as coisas estão mais tranquilas. Não sou de noitadas e festas. Prefiro viajar, nada de bebedeira, nunca foi minha onda. Não gosto de passar do ponto. Claro que adoro uma cervejinha, mas sem exageros.

Como era sua autoestima? Quando você percebeu que era bonito?
Cara, não sei dizer. Vou ser sincero com você, eu não tenho essa autoestima toda, não. Mas é uma coisa com que eu não me preocupo.

Mas quando você percebeu que chamava mais atenção do que os seus amigos?
Bom, Leo… Eu acho que junta uma coisa também. Não é só beleza e olhinho claro. Vou te dar um exemplo básico: na época de garoto, quando a gente estava aprendendo a dar salto mortal na piscina, eu adorava desafio, não ficava naquele medo. Acho que chama atenção a atitude. Gosto de agir, de fazer e de ter desafios.

E cantadas? Como você reage a elas?
Eu adoro. Quem não gosta de ganhar uma cantada? Faz bem para o ego, claro, com respeito. E as pessoas me respeitam muito. Sempre é uma palavra legal, um elogio bacana, o máximo que acontece é um “casa comigo?” ou um “ah, lá em casa…”. Mas não são vulgares.

Dá exemplo de algumas outras cantadas?
Já ouvi algumas engraçadas, como: “Isso não é ‘Tela Quente’, não, é ‘Temperatura Máxima’”. Depois dela eu até parei e agradeci. Essa foi muito boa, muito criativa. E ela foi corajosa, porque eu teria vergonha (risos).

Qual foi a última vez que você beijou na boca?
Eu ainda namorava, né?

Mentira! Jura?
Claro, já faz um tempo, né? Não estou contando em cena, claro. Não tive nenhum relacionamento ainda.

Você é tranquilo assim?
Acho que é uma questão de maturidade e não paciência e tranquilidade. Eu saí de um relacionamento de três anos e meio, estou muito focado no meu trabalho, que toma meu tempo. Isso não só com a Globo, mas também com a minha produtora, cursos… São muitas coisas na cabeça. Estou num momento light, maravilhoso de vida, tranquilo, malhando, surfando, jogando bola e aprendendo coisas boas . É um momento meu e ainda não apareceu ninguém. Não estou fechado para isso.

Você mora sozinho, né?
Sim.

A impressão que eu tenho é que você é muito organizado, que separa as camisas por cores, tem gavetas para meias e cuecas… Estou errado?
Eu tenho tudo separado, sim. Mas, hoje em dia, não sou eu quem faz isso. Eu tenho uma diarista maravilhosa que cuida da minha casa. Faço algumas coisas de praxe, como compras…

Você faz compras no supermercado?
Faço um pouco de tudo, Leo. Quando pinta alguma coisa da minha casa, sou eu quem resolve. Quando faço compra, por exemplo, arrumo na geladeira com todos os rótulo virados para frente, como uma prateleira mesmo, sabe?

Mas isso não é TOC (transtorno obsessivo-compulsivo), Klebber?
É, pode até ser (risos). O meu personagem tem um pouco disso também, Aguinaldo adora (risos). Tudo é muito organizadinho.

Faz uma análise sobre qual a imagem que você acha que as pessoas têm de você?
Acho que elas veem um cara bacana, tranquilo e batalhador. Acho que a maioria me vê como realmente eu sou. Não sou do tipo de pessoa que gosta de mentira e ponho na prática o que minha mãe sempre me falou: ‘Não faça com os outros o que você não gostaria que fizessem com você’. Gosto de levar minha vida para o lado do bem. Espero que me vejam dessa forma mesmo, além da forma de um príncipe.

FONTE\ODIA
Família unida:
 Fernanda Pontes e Diogo Boni no Castelo de Caras
Morando nos EUA com os dois filhos, Maria Luiza e Matheus, o casal aproveita o Castelo de CARAS onde já estiveram como namorados anos antes.
O lúdico cenário do Castelo de CARAS, em Tarrytown, New York, já era conhecido de Fernanda Pontes (30) e Diogo Boni (35), que visitaram a secular propriedade quatro anos atrás, como namorados. 
A novidade, neste ano, além da maturidade adquirida e do casamento que os une, veio por conta das duas joias que acompanham o casal, a esperta Maria Luiza (3) e o recém-nascido Matheus (4 meses), os herdeiros que ajudaram a atriz e apresentadora e o empresário a construírem um dos pilares de seus sonhos, ancorados no universo dos personagens da Disney, paixão que eles dividem: ter uma família perfeita.
Vivendo em Orlando há pouco menos de um ano, eles estão empolgados com a vida nos EUA e os novos desafios profissionais.
 Fê, que abriu mão de ser atriz após seu trabalho em Gabriela, de 2012, para se dedicar à maternidade, agora assume o posto de apresentadora do Planeta Brasil, na Globo Internacional;  Diogo fica entre Miami e Rio para cuidar de seus projetos nas áreas de educação e comunicação.
– O que mudou com Matheus?
Diogo – O segundo filho é mais tranquilo que o primeiro, é fato. O Matheus é mais sossegado, mas também temos dado mais atenção à Malu, promovendo uma volta à primeira filha.
 Fernanda – Até pensamos em ter um terceiro filho, mas daqui a uns quatro anos. Como mãe, me cobro muito para dar atenção igualmente aos dois. Malu demanda muito, mas eu choro, me culpo muito. Me dedico aos dois.

– Quem a Malu puxou?
Diogo – Tem muito de José Bonifácio de Oliveira Sobrinho...
Fernanda – Sou muito fã dela... (risos) Ela parece muito o pai do Diogo, o Boni: é mandona, adora dirigir a cena e faz de tudo uma novela. Ela domina a área quando chega. Ela é muito carinhosa, cuida do irmãozinho, gosta de apresentá- lo às pessoas, mas tem uma personalidade muito forte, como eu.
– Você já voltou a trabalhar...
Fernanda – Ele ainda é tão pequeno, mas já voltei. Quando a Globo Internacional me convidou, não tive dúvidas, pois pretendo olhar para trás e dizer que sou uma mãe e uma profissional realizada. Sou uma pessoa muito mais feliz, porque consigo conciliar as duas coisas. Não deixo de ser mãe em momento algum. Até as 3 da tarde, resolvo tudo da vida. Depois disso, largo até o celular e fico somente com eles.

– Como foi voltar a Tarrytown?
Fernanda – Quando pisei neste Castelo, passou um filme na minha cabeça. É uma história digna de princesa, meu conto de fadas. Quatro anos atrás, a gente veio a New York para comprar as alianças do casamento. E hoje, estamos aqui com uma família linda.

– De que sente falta no Brasil?
Fernanda – Morar fora tem seu ônus, que é ficar longe da família e dos amigos. Para a gente, estar entre brasileiros é sempre um prazer. Temos uma turma grande, aprendi a cozinhar e meu estrogonofe é famoso entre os nossos amigos.

– Por que morar em Orlando?
Fernanda – Era somente para estudar e ficar seis meses. No meio do caminho, descobri que estava grávida, não poderia mais fazer a novela para a qual estava reservada e decidi ter o Matheus lá. Devia isso à cidade. Foi lá que tudo aconteceu, onde começou minha história. Olhava a Disney e achava que viveria ali, mas não tão rápido. Temos mais qualidade de vida.
Diogo – Não pensávamos em chamar lá de casa, mas agora é.
Fernanda – A Disney fica a 8 minutos de casa. É onde recarrego as energias. Se eu passar uma hora no Magic Kingdom ou se assistir à parada com Malu, já me sinto melhor. Não vivo no mundo da fantasia. Cinderela é só no castelo. Vida real é de muito trabalho.
– Pensam em voltar ao Brasil?
Fernanda – Amo meu País, tenho muita preocupação de que a Malu esqueça o português. Quero que ela tenha nossa cultura e nossa língua. Estou realizada profissionalmente e conciliando tudo nos EUA. Não me vejo mais morando no Brasil, apesar da saudade.

FONTE\CARAS
Cada vez mais parecido com pai, 
Rômulo Neto fala sobre semelhança:
 'É estranho'
Por Clara Passi
Os cabelos grandes e o bigodinho do malandro Robertão de "Império" aumentaram muito a semelhança de Rômulo Neto com seu pai, o ator Rômulo Arantes, morto num acidente de ultraleve em 2000, quando o filho tinha 13 anos.
- A cada ano que passa parece que a nossa semelhança aumenta. É muito estranho e muito bom - diz Rômulo, que começou a trabalhar como modelo ("um desafio, porque eu era muito tímido") e estreou na televisão em 2007, em "Malhação".
Do convívio com o pai, Rômulo se recorda do "amor e da parceria".
- Lembro de muitas coisas. Sempre tivemos muitas coisas em comum. Aprendi muito com ele e um dos valores que se firmou em mim foi enfrentar os medos e desafios.
Robertão é seu primeiro papel cômico na televisão.
- Ele tem uma personalidade complexa que transita desde a malandragem exacerbada até uma pureza infantil. Tem inúmeras nuances e cores diferentes de todos os outros que interpretei.
Apesar do forte apelo sensual do personagem da história de Aguinaldo Silva, o ator diz que não teme ficar rotulado.
- Essa é uma das características do personagem, não a única. E mesmo que fosse, batalharia para conseguir um próximo trabalho bem diferente, em que pudesse mostrar uma outra forma de interpretar.
Rômulo já fez ensaios sensuais para revistas, mas diz que não tem vontade de posar nu.
- Não é algo que me enriquece nem me dá prazer. Mas não diria que nunca faria. Conheço fotógrafos incríveis e, dependendo do trabalho, vi resultados muito bacanas.
A distância de Cleo Pires, sua namorada com quem mora há um ano, por causa de uma viagem de estudos aos Estados Unidos, fortaleceu o namoro, diz Rômulo.
- Certas restrições trazem à gente mais força e  determinação.

FONTE\OGLOBO

domingo, 19 de outubro de 2014

Carolina Ferraz comanda programa de culinária 
na TV e prepara novo livro de receitas
Atriz, que está curtindo a fase “cabelão”, fala sobre beleza e casamento

Por Melina Dalboni
Atriz está no ar no GNT a frente do programa "Receitas da Carolina" e prepara novo livro de receitas: 
"Gosto de me dedicar a isso como um hobby. Tenho prazer em comer e cozinhar. Não sou chef, sou uma atriz que gosta de cozinhar".
Cozinhar depois de um dia pesado de trabalho soa como pesadelo para a maioria das pessoas. Não para Carolina Ferraz. 
Aos 46 anos, ela garante que lidar com panelas e fogão é uma de suas estratégias para relaxar quando está muito cansada.
— Gosto de me dedicar a isso como um hobby. Tenho prazer em comer e cozinhar — diz Carolina, que comanda, no GNT, o “Receitas da Carolina”. 
— Não sou chef, sou uma atriz que gosta de cozinhar.
A temporada com 13 episódios, que já está gravada, será exibida até 23 de dezembro. E Carolina já tem novo projeto engatado. 
Vai lançar pela editora Nacional um livro de bolso com cerca de 70 receitas com batatas e de sopas. 
A seleção já foi feita, mas falta retestar as receitas para começar a tocar o livro:
— Consumo livros de culinária e vejo que muitas receitas não são exatas. É um desrespeito, porque parece que é feito para o leitor fracassar.
Estrear um programa de culinária na TV foi um caminho natural para quem lançou, em 2010, o livro “Na cozinha com Carolina” e , em 2011, o site Carolina Augusta. 
Como Gwyneth Paltrow, Carolina virou referência em lifestyle — com a diferença de não ser freak em relação a exercícios e dieta.
Ao contrário da atriz americana, que malha seis vezes por semana para ficar com corpinho de 20, a atriz goiana é magra e tem a silhueta definida muito mais por genética do que por horas de esforço físico — a família do seu pai é toda magrinha.
 Carolina continua com o mesmo corpo de quando estourou na novela “Por amor”, de Manoel Carlos, no papel de Milena (quem não se lembra do cabelo curtinho e dos beijaços em Eduardo Moscovis?). Seu peso oscila entre 54 e 57kg.
— Quando estou supermagrinha, estou com 54 ou 55kg. Aí, é um espetáculo. Sou como toda mulher, gosto de ficar magra — comenta a atriz, que faz pilates duas vezes por semana.
Sua relação com a beleza é aparentemente tranquila. Já aplicou Botox na testa, mas não curtiu. 
No rosto, usa o velho e bom passo a passo: limpa-tonifica-hidrata. Toma muito café e, mesmo tendo parado de fumar há dez anos, confessa que o cigarro ainda é uma tentação. O cabelo curto — tão associado a ela — está enorme.
— Meu cabelo nunca esteve tão comprido. Estou curtindo, tirando uma onda, porque sei que está com os dias contados — diz a atriz, que deve voltar às novelas no ano que vem.
Sim, ela está se achando com o cabelão. E pode, porque está — como diriam nossas avós — com tudo em cima. 
Além de tudo, feliz, casada há dois anos com Marcelo Marins — um médico moreno e tatuado que não é celebridade mas poderia ser galã de novela.
 Ele participou da seleção da trilha do programa do GNT (Rolling Stones, Daft Punk e David Bowie...). Ao ouvir a pergunta se seu marido é dez anos mais novo, responde:
— Ele tem 37. São nove anos a menos. Não chega a dez — frisa a mãe de Valentina, de 18 anos, para em seguida soltar sua famosa gargalhada.
 — A diferença de idade nunca foi uma questão. Mas é impressionante como as pessoas ainda olham um casal em que a mulher é mais velha e acham a coisa mais absurda do planeta.

FONTE\OGLOBO
Dez quilos mais magro, Thiago Martins treina para personagem e fala de namoro com Paloma Bernardi
Por Rafaela Santos
Thiago Martins, que será um atleta de saltos ornamentais em “Babilônia”, já está treinando na plataforma de sete metros.
 O ator pratica o esporte três vezes por semana no Parque Aquático Maria Lenk, na Zona Oeste do Rio. 
Na história de Gilberto Braga, Ricardo Linhares e João Ximenes Braga, o personagem vai morar no Morro da Babilônia, no Leme, e sonha se classificar para as Olimpíadas de 2016, no Rio.
- Eu tinha muito medo da altura e de me machucar, mas o professor é muito cauteloso. 
A meta é chegar até a plataforma de 10 metros, mas estamos mais preocupados com a qualidade dos movimentos. Estou completamente apaixonado por esse personagem - diz Thiago.
O ator também recorreu a um personal trainer para ficar mais musculoso e um "corpo mais parecido com o de um atleta".
- Estou com uma alimentação bem mais regrada. Em três meses, perdi 10 kg - conta.
Thiago deverá ter várias sequências em que vai aparecer de sunga. Isso não preocupa o ator:
- Se for em prol da cena, não vejo problema. Eu fico um pouco tímido, mas meu personagem é um acrobata, não tem como fugir disso.
Há mais de dois anos com Paloma Bernardi, Thiago acompanha as apresentações da atriz no "Dança dos famosos". Ele diz não ter ciúmes de ver a namorada no quadro do "Domingão do Faustão":
- Sei que aquilo é profissional. Até gosto de assistir a ela e o professor dançando juntos. Mas eu sofro muito. Até parece que sou eu que vou dançar. Eu sou superfã de arte.
Thiago também conta que, por ora, não pretende oficializar a união
- Estamos vivendo um dia de cada vez. Temos uma relação muito honesta e leal. Estar junto é um sonho contante em nossas vidas, mas ainda somos muito novos para casar.

FONTE\OGLOBO