sábado, 30 de junho de 2012

Thiago Fragoso se diz renascido:
 'Minha cabeça e meu corpo são outros'
Afastado da TV desde “O Astro” e ainda se recuperando do acidente ocorrido em janeiro, durante uma apresentação do musical “Xanadu” , Thiago Fragoso começou a gravar esta semana suas primeiras cenas em “Lado a lado”, próxima novela das 18h da Globo. 
Com os cabelos alisados e figurino de época , ele faz as primeiras sequências de seu personagem, Edgar, em Petrópolis, assim como Camila Pitanga, sob a direção de Dennis Carvalho.
Em entrevista ao blog, ele contou que ficou muito emocionado com o convite para o folhetim de João Ximenes Braga e Claudia Lage e disse que está retomando o trabalho com calma.
- Estou muito feliz, e tudo está voltando ao normal de uma maneira muito diferente – contou Thiago, que quebrou cinco costelas e teve o pulmão perfurado no acidente, em 28 de janeiro.
 - Acho que tem que ser assim mesmo. Vai levar tempo para perceber como vou funcionar agora que minha cabeça e meu corpo são outros.
Na trama, Edgar será filho de Margarida (Bia Seidl) e Bonifácio (Cássio Gabus Mendes) e se casará com Laura, personagem de Marjorie Estiano, logo nos primeiros capítulos.
- Ele é um verdadeiro cavalheiro, que vai estudar direito em Portugal, onde acaba trabalhando como jornalista, sua grande paixão – adianta o ator.
 - Quando volta ao Brasil às vésperas de um casamento arranjado com sua namorada da adolescência, tenta desmarcar a cerimônia por não amar sua noiva e por acreditar que ela também não o ama. 
Edgar é à frente de seu tempo, pois apoia e acha natural que sua esposa se interesse por literatura, seja professora e não se ocupe com coisas do lar.
Para sumir com os cachos naturais, Thiago tem feito escova diariamente antes de gravar.
- Já alisei ou fiz relaxamento para outros personagens, mas desta vez, a Elza Pontes, que cuida do meu cabelo, sugeriu pra que eu não o maltratasse tanto. Então fazemos tudo na mão mesmo.
O ator também agradeceu o que chama de “voto de confiança” de Dennis.
- Mesmo num momento muito difícil, ele nunca deixou de acreditar que eu estaria pronto pra fazer a novela. Isso me emocionou muito, nunca vou esquecer.

FONTE\OGLOBO
Carol Francischini:
"Eu usei camisinha. Não sei o que aconteceu"
Modelo esclarece que o pai de seu filho participa da gravidez, tem nome e sobrenome. 
"Estamos partilhando os momentos legais: mando foto da barriga, das roupinhas que compro. Ele está ajudando, dando palpites. E para nós desse jeito está ótimo"

Por Alessandra Medina
Grávida mais falada do momento, a modelo paulista Carol Francischini, 23 anos, esclarece que o pai de seu filho tem nome e sobrenome (que não revela de jeito nenhum), está ciente de tudo e inclusive conversam bastante sobre o assunto. 
Mesmo assim, diz que não quer casamento, que pode criar o filho sozinha e que ninguém tem nada com isso. De Miami, onde está em casa de amigos – e onde pretende fixar residência –, Carol conversou com VEJA:

Como você deu a notícia ao pai?
Esperei quase um mês para contar. Precisei de um tempo para me organizar. Queria ter contado pessoalmente, mas foi por telefone mesmo. Eu estava muito ansiosa. Liguei e falei: estou grávida. Pensa, analisa a situação, me procura e a gente conversa. Aí ele ligou, conversamos e concordamos em deixar a situação do jeito que está. Nos falamos até hoje, mas não fazemos planos. Estamos partilhando os momentos legais: mando foto da barriga, das roupinhas que compro. Ele está ajudando, dando palpites. E para nós desse jeito está ótimo.

Como ele reagiu?
Acho que todo homem fica meio bobo quando recebe essa notícia.

Você queria ter filho agora?
Para ser sincera, nunca me imaginei casando de véu e grinalda. Nunca quis ser dona de casa, não nasci para isso. Mas sempre quis ser mãe. Só que não era para agora. Planejava ter daqui uns cinco anos.

Você usava algum método contraceptivo?
Eu usava Nuvaring (um anel vaginal). Perguntei para o meu médico e ele disse que isso pode acontecer sim, mas é raro. Não sei o que aconteceu. Meu ciclo estava normal. Acho que o nuvaring parou de funcionar no meu organismo. Dizem que, quando a gente usa o mesmo anticoncepcional por muito tempo, o organismo se acostuma. Eu sempre usei esse. Acho que o meu corpo se acostumou com ele.

Você não usou camisinha?
Ótimo você me fazer essa pergunta. Tenho dois irmãos adolescentes e, no colégio dele, os amiguinhos pegaram no pé deles por isso. Eu usei camisinha sim. Não sei o que aconteceu. Aconteceu isso com algumas amigas minhas também. Não sou a primeira, nem a última. Não fiz nada ilegal.

Como descobriu a gravidez?
Eu estava me sentindo diferente. Não dormia direito à noite e acordava muito enjoada. Fiz vários testes de farmácia, mas todos deram negativo. Eu também menstruei normalmente. Então, pensei que poderia estar doente mesmo. Na véspera do meu aniversário, resolvi fazer outro teste de farmácia porque ia viajar a trabalho no dia seguinte. Desta vez, deu positivo. Fiquei chocada! Deu um branco, sabe? Estava no banheiro de casa e devo ter ficado uns cinco minutos olhando a minha cara no espelho. Depois, pensei na minha mãe. Achei que ia ficar muito zangada. Liguei para a minha melhor amiga, a Viviane Orth, e nós fomos ao hospital fazer o teste de sangue e confirmar o resultado.
E a sua mãe ficou zangada?
Liguei para ela aos prantos. Ela achou que eu tivesse alguma doença séria. Quando disse que estava grávida, disse que o bebê era a melhor coisa que poderia ter acontecido na nossa vida e que depois a gente se falava. E desligou o telefone.

Você está cuidando da forma?
Confesso que não estava dando muita bola para isso. Só agora, com a barriguinha aparecendo, passei a me cuidar mais. Estou com 17 semanas e já engordei 6 quilos. Estou tentando manter uma alimentação mais saudável, comendo mais legumes. E evitando acordar às 3 da manhã para atacar um brigadeiro.
Já pensou em nomes?
Estou em dúvida entre dois, mas vou esperar olhar o rostinho dele para decidir.

Falaram em cinco nomes de possíveis pais. O que tem de verdade nessa história?
Isso tudo é especulação. Querem saber quem é, mas eu já tinha decidido não revelar. Eu não li nome algum. Só vi o nome do Pedro Braun, que, aliás, falou absurdos. O que esse moleque tem a ver com isso? Quando o conheci, em uma loja de sucos do Rio, disse logo que eu estava grávida. Não ficamos juntos nem duas semanas porque eu tive que viajar a trabalho. Fiz cinco exames e a Vivi me acompanhou em quatro. Ele nunca fui a lugar algum comigo. Tudo bem ele falar que ficou comigo. Agora, dizer que fez parte deste momento que eu estou passando? Isso é mentira.

Falaram de um rapper...
O Gabriel, O Pensador é meu amigo. Gravei um clipe de uma música dele que diz que homem não presta. Já vi que vai ser o maior bafo quando estrear! Quando gravei o clipe, já sabia que estava grávida, mas não comentei nada com ele.

Falaram de um empresário...
Eu acho que era o Dinho Diniz, porque mora em Miami também.

Falam do Bruno (Gagliasso)...
A gente é amigo, mas nada além disso.

O pai é alguém que nunca foi citado?
Não sei, sabia? Como não citam nomes, não sei quem são as pessoas direito. Associam gente que está perto de mim. Mas eu conheço muita gente, saio para jantar com muitos amigos.

Você vai ter seu filho no Brasil?
Ainda não decidi. Estou procurando apartamento para morar em Miami. Mudei daqui para Nova York em fevereiro, mas vou voltar. Miami é uma cidade melhor para se criar uma criança. Como vai nascer em novembro, quase férias no Brasil, estamos vendo se minha mãe e meus irmãos podem vir para cá, me ajudar no começo.

Você é muito namoradeira?
Acho que sou normal. Na média. Tive namoros longos, mas quando estou solteira aproveito intensamente. E não me culpo por isso. Não estava namorando o pai da criança. Foi uma coisa que aconteceu. E olha que eu usava contraceptivo e ele usou camisinha. Mas o médico falou que pode acontecer mesmo.

Não seria melhor você contar logo quem é o pai e acabar com o mistério?
Por mim, teria o meu filho como produção independente. Fui muito julgada por isso. Fiquei muito chateada com os comentários, com a comparação com a moça da novela que eu nem sabia quem era, porque não assisto. Não preciso de ninguém, ganho meu dinheiro. Não teria problema nenhum se o pai não quisesse assumir. Mas nunca disse que ele não vai assumir. Estamos indo com calma.

FONTE\VEJA
Luciano Szafir:
'Sasha é maravilhosa, extremamente doce'
Ator falou sobre a relação com a fama e a filha adolescente.

Em entrevista à revista Mensch, que chega às bancas nesta sexta-feira, 29, Luciano Szafir falou sobr sua relação com a filha Sasha, fruto do seu relacionamento com a apresentadora Xuxa. 
"Ela é uma menina maravilhosa, extremamente doce e com uma cabeça fantástica. Conversamos muito e sobre tudo.
 Temos uma relação excelente e nos vemos quase que diariamente. Me considero um homem de muita sorte nesse aspecto", elogiou.
O ator também falou sobre como lida com a fama: "No inicio é um pouco complicado. À medida que você passa a entender como funciona esse 'processo', fica administrável. 
Como tudo na vida, tem o lado bom e o ruim. Hoje lido muito bem com isso. Nada me incomoda muito ou me emociona muito também', disse.
Luciano Szafir também comentou a emoção de dublar o filme “Valente”, da Disney. "Nossa, amo tudo da Disney! Especialmente depois que a Sasha nasceu. 
Creio que vi todos os desenhos e filmes por várias vezes e, em cada um, me emocionei', confessou.

FONTE\EGO
Paolla Oliveira diz que não faria nova lipo:
 'O melhor é se aceitar'
Depois de férias longas, Paolla Oliveira está de volta ao trabalho. 
A atriz, que interpretou a protagonista Marina na novela "Insensato coração", já começou a rodar um filme sobre Joãozinho Trinta. 
No longa, ela interpreta Zeni, mulher de Fernando Pamplona, mestre do carnavalesco.
 Antes de retomar as atividades, Paolla passou três meses viajando de carro pela Itália com o namorado, o ator Joaquim Lopes. 
Com as energias renovadas, ela só quer saber de curtir os 30 anos recém-completados.
- Para a maioria das pessoas parece que tudo tem uma sequência lógica, como ter filho aos 30 anos.
Não quero viver minha vida do jeito que os outros esperam. Levo-a do meu jeito, solta, alegre.
 Quero ser feliz de verdade e não só na aparência. E agora, aos 30, isso soa mais verdadeiro ainda - disse, em entrevista à "Lunna".
À publicação, a atriz também falou de vaidade. Ela revelou que não se arrependeu de ter feito uma lipoaspiração nas pernas, mas confessou que não repetiria a cirurgia.
- Na época, meu desejo era ter uma perna fina igual à da Fernanda Lima. Queria diminuir as coxas, mas não adiantou nada, continuo com este pernão... Não dá para mudar o biotipo. O melhor é se aceitar.

FONTE\OGLOBO
Marcos Caruso:
 'Não me caso nunca mais'
O Leleco de Avenida Brasil na biblioteca da mostra sobre desenvolvimento sustentável.

Aconversa com Marcos Caruso (60) é olho no olho. Sincero ao extremo, fala de seus sucessos e de suas fragilidades com a mesma intensidade e tom de voz.
 “Para que mentir?”, indaga o ator, que caiu no gosto do público com o suburbano Leleco de Avenida Brasil. 
“Posso me tornar especial quando faço um personagem. Mas como ser humano, não sou especial”, avalia, ansioso para reestrear a peça Em Nome do Jogo, em 7 de julho, no Rio. 
Ícone do teatro, TV e cinema, Caruso não se deslumbra com a fama e faz questão de manter hábitos simples, andar de ônibus ou ir à feira. 
Nas folgas, adora prestigiar eventos ligados à arte e à cultura, como fez ao visitar a exposição Humanidade 2012, que integra a programação da conferência da ONU Rio+20. 
Também adora ouvir conselhos do pai, Alberto (91). “Quando ele não faz isso, cobro”, ressalta o ator, que perdeu a mãe logo após o parto.
 “Achava que não tinha problemas. Com a terapia, percebi que criei um jeito para não sentir falta dela. Quero ser pai e mãe de todos”, analisa Caruso, solteiro após quatro casamentos e pai de Caetano (33) e Mari (40), da união com a atriz Jussara Freire (61). “Mas não me caso nunca mais”, garante ele.
– Por que algo tão taxativo?
– Já vivi todas as experiências casado. Dá preguiça passar por tudo de novo (risos). Agora é cada um na sua casa. Claro que, se aparecer o amor da minha vida, as coisas podem mudar. Mas estou me divertindo muito com a vida de solteiro. Não posso reclamar.

– É conhecido como workaholic. Já se arrependeu disso?
– Jamais, mesmo. Trabalhar é o ar que respiro. A família tem que entender minha função social . Estou com eles ao lado, mas a profissão está na frente. O ator não é um médium, mas está muito próximo. Somos um instrumento através do qual o público se torna conhecedor de diversas personalidades. Tenho que sentir o Leleco sensorialmente. Para isso, é preciso estar com sentidos aguçados 24 horas.

– E nunca cansa?
– Claro, né! Mas existe a tranquilidade da minha casa, faço uma boa leitura, Monteiro Lobato ou Machado de Assis, aprecio uma paisagem. Mas, de verdade, mesmo assim a cabeça não para (risos).

– O fato de ser tão exigente consigo mesmo traz sofrimento?
– Sou alucinado por aprender. Não sabia ser pai, aprendi criando filho. Não sabia ser marido e casando vi como era. Ainda não sei muita coisa, como ficar velho, por exemplo. Mas estou aprendendo com a idade que vem vindo. I s so também aconteceu quando me escalaram para viver o Leleco. Adoro trabalhar com a possibilidade do erro. Fazer uma caricatura poderia ser uma pá de cal em minha carreira.

– Você não gostava de sinuca, futebol nem de malhar. Mas pelo Leleco, abraçou as atividades. Absorverá alguma delas na sua vida após o fim da novela?
– Com certeza, a malhação. Estou me admirando, me sentindo um verdadeiro gatão (risos).

FONTE\CARAS
Fernanda Motta:
 “Mato um leão por dia” 
Modelo que está no elenco de "Dança dos Famosos" respondeu
 às perguntas enviados pelos leitores ao site de QUEM

A modelo Fernanda Motta não se conforma em ter sido mandada para a repescagem na "Dança dos Famosos", quadro do Domingão do Faustão.
 Mas segue firme e decidida a voltar à competição no domingo (1º), quando disputará uma vaga com outros cinco famosos dançando foxtrote. 
“Estou correndo atrás, nunca havia participado de um concurso”, diz ela, que respondeu ao repórter Pedro Moraes as perguntas enviadas pelos leitores ao site de QUEM.
 Em um bate-papo descontraído, a top model contou sobre a vontade de voltar à TV quando parar de “modelar” – ela apresentou o "Brazil’s Next Top Model", entre 2007 e 2010, no canal Sony –, falou do desejo de ser mãe e disse que sua profissão não é moleza: “Minha vida não é só tranquilidade”.
1- Qual é o maior desafio da Dança dos Famosos?
Adriana Padilha, Porto Alegre (RS)
Acho que é encarar o júri, porque não se sabe o que esperar. Não é só um problema técnico, depende da empatia que o jurado tem com você. Não fiquei magoada com a eliminação. Estou correndo atrás. Nunca havia participado de um concurso.

2- Acha que tem chances na repescagem?
Vitor Almeida, Carapicuíba (SP)
Tenho 100% de chance. Se não acreditar em mim, quem vai acreditar? Estou me esforçando e me divertindo mais, me cobrando menos. As pessoas não entendem por que participei e me sujeitei à eliminação. Acham que não preciso. Mas minha vida não é só tranquilidade, mato um leão por dia.

3- Você já disse que quer engravidar. Se for eliminada, vai tentar?
Paula Gomes, Fortaleza (CE)
Não tenho um plano. Como sou casada há 11 anos (com o empresário Róger Rodrigues), parece que rola uma cobrança.

4- Já sentiu preconceito por ser modelo e apresentadora de TV ao mesmo tempo?
Claudia Fernandes, por e-mail
Ah, sim, muito. Há preconceito em relação a modelo. Antigamente, a crítica era dizer “modelo é burra”. Hoje em dia, a modelo é rica, viajada. Sofri preconceito ao ser mandada para a repescagem. Senti na pele por não ser da casa, por não ser atriz. A Deborah Secco falou que ia votar na pessoa menos favorecida, que não é atriz. Foi injustiça.


5- Com o que você gosta de gastar seu dinheiro? Ficou rica?
Lucas Andrade, Campinas (SP)
Fiquei bem. Gosto de gastar com minha família, dar presentes, gosto de viajar e de comer bem. O meu luxo é bolsa. No meu aniversário, sempre compro uma bolsa.

6- Malha feito louca ou nasceu com a genética boa? Você faz dieta?
Flávia Ribeiro, Duque de Caxias (RJ)
Nasci com a genética boa, não malho como louca. Caminho 5 quilômetros todos os dias, onde quer que esteja, e faço pilates. Não sou muito de carne vermelha. Gosto de comida, mas não ligo para doces.

7- Você já foi apontada como uma das modelos mais sensuais do mundo. Considera-se sexy?
André Luis Ramos, por e-mail
Eu me considero e, quando quero ser, eu sou. A sensualidade depende de cada pessoa, não precisa ser mostrada explicitamente. Acho que há pessoas que são muito sensuais só falando.

8- Você mora há muitos anos fora do Brasil, planeja voltar?
Vanessa Santos, Brasília (DF)
Vou voltar, sim. Não vou dizer que nunca mais vou passar temporadas em Nova York, mas quero ter a vida do brasileiro. Não tenho uma data marcada para parar. Vou ficar enquanto der, amo fazer o que faço. Não enjoei da vida de modelo.

9- Você já decidiu o que fazer depois que deixar de ser modelo?
Carolina Vasconcellos, Curitiba (PR)
Decidir, eu decidi, mas se vou conseguir são outros quinhentos. Quero continuar me comunicando, fazer televisão.

10- Você tem alguma dica de beleza baratinha?
Andrea Vieira, Feira de Santana (BA)
A dica de beleza mais barata que posso dar é a prevenção, porque não vai custar nada no futuro. Desde novinha, quando não tinha dinheiro, ia à farmácia e buscava cremes específicos. Sempre fiz e até hoje faço hidratação no cabelo em casa.

FONTE\QUEM
Tour do galã Reynaldo Gianecchini pela Rússia 
Giane aprecia a vista da Catedral de São Isaac, na cidade russa.

Passeio Cultural por São Petersburgo antes de voltar à tv
Conhecida como a capital cultural da Rússia, a cidade de São Petersburgo, antiga sede do império czarista, encantou Reynaldo Gianecchini (39) com toda sua carga histórica. 
Giane aproveitou pra fazer tour de férias  pela Europa antes de iniciar as gravações do remake de Guerra dos Sexos, nova trama global das 7 que irá substituir Cheias de Charme.
 “Estou animado com a novela, faz tempo que fui chamado para integrar o elenco. Silvio de Abreu é um excelente autor e eu o admiro muito”, elogia Giane.
 “Vou viver o motorista Nando, interpretado por Mário Gomes na primeira versão, em 1983”, conta ele, que vai contracenar com a amiga Mariana Ximenes (31).
Em sua primeira visita ao país do leste europeu, o paulista de Birigui incluiu no roteiro passeios ao Museu Hermitage, às margens do rio Neva, e à suntuosa Catedral de São Isaac. 
“Vou continuar me dedicando à minha profissão como sempre fiz, mas acredito que com mais entendimento, pois hoje tenho um outro olhar sobre o ser humano”, costuma dizer o galã, que retorna à teledramaturgia após enfrentar vitoriosa batalha contra um tipo raro de câncer, diagnosticado em agosto do ano passado. “Cinema também é algo que desejo fazer, mas por ora vou focar neste trabalho”, afirma o ator, que também esteve em Barcelona, Espanha, onde assistiu ao show da diva pop Madonna (53).

FONTE\CARAS

Cantor Pedro ganha reencontro e 
beijos da filha no dia do aniversário
Thaís Gebelein com a filha Maria Sophia e a mãe de Pedro, Maria Aparecida Dantas

Por Paulo Toledo Piza
O cantor Pedro Leonardo, enfim, matou a saudade da filha Sofia nesta sexta-feira (29).
 O reencontro com a menina e os beijos dela foram seu principal presente de aniversário: é a primeira vez que ele a reencontra desde o acidente.
De acordo com Ede Cury, assessora do sertanejo Leonardo, pai de Pedro, a pequena Sofia entrou no quarto mandando beijos para todos os lados. 
A filha, que tem um ano, foi levada ao Sírio-Libanês, em São Paulo, pela mãe, a arquiteta Thaís Gebelein.
Ao receber a garotinha, Pedro ficou emocionado, abraçou a filha, a beijou muito e a pegou no colo. Em seguida, chorou, segundo a assessora. 
Sofia já havia estado no hospital durante a internação, mas Pedro não tinha recobrado a consciência.
Ede Cury contou que Pedro pensou que poderia receber alta nesta sexta. “O doutor Roberto Kalil brincou:
‘Vai sair logo, né?’ Pedro respondeu: ‘Vou sair hoje? “, contou Ede.
 Pedro chegou a comentar que pensou que poderia assistir ao jogo do Corinthians fora do hospital.
Fanático pelo time, o cantor reclamou ao encontrar, no quarto do hospital, balões amarelos e azuis. “São as cores do Boca”, disse Pedro, segundo Ede.
Nesta tarde, os médicos fizeram uma concessão e deixaram que Pedro comesse o que quisesse, mas ele ficou na dúvida e não escolheu um cardápio especial.
O cantor recebeu muitos telefonemas, inclusive do pai, que faz em show no Nordeste. Segundo Ede, ele não ficou chateado com a ausência de Leonardo.
 Outra ausência perdoada foi a do primo Thiago, que compõe a dupla sertaneja com Pedro. Nesta noite, ele se apresenta sozinho em Pernambuco.
A assessora Ede Cury também disse que Pedro recebeu muitos presentes, inclusive de alguns fãs, mas que só deve abri-los no sábado (30).
A mulher do cantor e a filha chegaram às 15h55 desta sexta-feira (29) no Hospital Sírio-Libanês, na região central de São Paulo, para a comemoração de aniversário do cantor, que completa 25 anos.
 "É um dia importante demais, tem que agradecer a Deus", disse a arquiteta ao chegar ao hospital.
Uma das irmãs do cantor, Thaís Miziara lembrou ao chegar ao hospital que o tema da festa foi o super-herói Batman.
 “Ele desde pequeno é apaixonado pelo Batman, entre todos os heróis, é o que ele mais gosta”, contou Thaís. “A cada dia ele está melhor, é surpreendente a melhora.”

Dieta
De acordo com a assessora, a dieta de Pedro está quase toda liberada - ele só não pode ingerir alimentos crus. Por conta disso, a festa teria bolo, doces e salgadinhos, além de bexigas e enfeites do personagem.
Pedro foi transferido da Unidade de Terapia Semi-Intensiva para um quarto em 3 de junho. Desde então, começou tratamentos com fisioterapia e sessões com uma fonoaudióloga. Nesta quinta-feira (28), o cantor andou pela primeira vez em uma esteira.
“Hoje ele andou 10 minutos [na esteira]. Está bem, consciente e se recuperando”, afirmou Ede na quinta-feira (28).
 “É possível que semana que vem haja uma avaliação médica sobre uma data para alta, mas ainda não é possível afirmar quando.” A expectativa é que ele saia do hospital em julho.

FONTE\G1
Bruno Mazzeo cansou da fama de mulherengo:
 ‘Acho cafonérrimo. Um queima-filme’
Mesmo namorandinho a diretora global Joana Jabace, Bruno Mazzeo não perde a fama de mulherengo. 
E o assunto é pauta numa entrevista da revista "Claudia". "Acho essa fama de conquistador cafonérrima.
 E é um queima-filme. Você conhece uma mulher maneira, e ela não vai querer nada, vai achar que você é galinha", dispara o ator. Tem toda razão, Bruno.

FONTE\EXTRA
FOFOCANDO NA WEB

Fofoca 1
Atriz que está no ar em uma novela, está revoltada com sua direção, ela disse que estão forçando muito a barra em suas cenas, que se soubesse disso antes, jamais teria aceito fazer a personagem...

Fofoca 2
Funcionários de uma emissora grande do Rio, falou que uma apresentadora está cada dia mais dificil de conviver e aturar, ela tem cada petit que quase quebra camarim e seu estudio, tudo sempre claro após falar com seu marido pelo celular, diz que todo dia tem uma briga pior que a outra.E ela claro desconta nos funcionários que não têem pra onde correr...AFF

Fofoca 3
Jogador de futebol que atualmente está jogando no Brasil, está com DST. Sua mulher descobriu quando foi a uma visita rotineira a sua ginecologista. Como ela só transa com ele, ela logo viu que ele anda pulando a cerca. Ela não falaou nada pra ele e contratou um detetive particular pra segui-lo. O Detetive não teve muito trabalho, no 1º dia que estava seguindo o jogador, ele saiu do treino e foi direto pra uma boate pé sujo que fica a caminho de sua casa, chegando lá ele foi direto pro quarto de uma "garota" que usa nome de Talytha Rafaelle (Uma ruivinha de 18 anos).... UI!!!

Shayene abre o jogo sobre polêmica: 
“Já ganhei muito mais de R$ 10 mil de um homem”
Shayene Cesário diz que ganhou presentes caros de seus ex-namorados

Dentro do programa, a bela chegou a dizer que já tinha ganhado mais de R$ 10 mil de um homem, “só para ser mulher”.
A modelo quis dizer que não se corrompia por dinheiro, mas deixou todo mundo com a “pulga atrás da orelha”.
Em entrevista ao Hoje em Dia (Record), nesta sexta (30), ela deixou tudo bem claro.
— Já ganhei muito mais de R$ 10 mil de um homem. Já ganhei carro. Ganhei presentes dos namorados. Falei apenas o valor que me veio à cabeça.
Sincera, a peoa conta que acha gentil e muito normal ganhar presentes caros de quem se ama.
— Ninguém dá um carro para um amor que acabou de acontecer. Ganhei em um namoro de dois anos e meio.

FONTE\R7
Paulinho Vilhena:
'O que eu menos quero é
 passar uma má impressão'
Em entrevista a Sarah Oliveira para o programa 'Viva Voz', Paulinho Vilhena fala sobre surfe, mergulho, maturidade e a fama de bad boy. 
'O que eu menos quero é passar uma má impressão', afirma
Paulinho Vilhena (33) é o convidado de Sarah Oliveira (33), grávida de três meses de seu primeiro filho, desta semana no programa Viva Voz.
 Durante a entrevista, que aconteceu na Galeria Ouro Fino, em São Paulo, o jovem ator, natural de Santos, falou sobre seu forte laço com o mar.
“Tenho um respeito muito grande, uma devoção muito grande e uma necessidade de me alimentar daquela energia que para mim é vital”, disse o rapaz sobre o surfe.
 “É de coração mesmo, me deixa bem”, acrescentou, falando do esporte.
Apesar da fama de bad boy, Paulinho se considera uma pessoa afetuosa e companheira e se acha ‘muito legal’ como patrão. 
“Na verdade, o que eu menos quero é passar uma má impressão. Quando lidamos com o outro, pensamos no que uma palavra pode refletir dentro da capacidade dela mesmo”.
A maturidade também foi abordada na conversa do ator com Sarah Oliveira. Segundo o artista, foi o amadurecimento que lhe possibilitou não se importar tanto quando não recebe o mesmo das pessoas com quem convive.
 Casado com Thaila Ayala (26) desde novembro de 2011, ele tem na mulher e na família a sua fonte de disciplina. 
"O compromisso com a minha vida, de perceber que tenho que evoluir de uma maneira profissional, pessoal. Isso engloba minha família, minha mulher, meu cachorro’".
Após viver o transexual Hedwig no teatro, Paulinho revela que gostaria de interpretar um gay no cinema ou na televisão.
 “O lance dos travestis, acho de uma personalidade, de uma coragem. Passaram por muita coisa até serem referência e terem o espaço deles no mercado profissional ou onde quer que seja”.
 E acrescentou, contando como seria sua reação caso fosse cantado na rua: “Pô, gente, vamos pegar leve que, lá em casa, o cinto vai comer”.

FONTE\CARAS

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Alessandra Ambrosio apresenta
 o caçula, Noah Phoenix
Com sua Anja, Top Gaúcha apresenta Noah, o novo integrante da família

Por Bruna Castanheira
Sexta modelo mais bem paga do mundo, ela abre pela primeira vez seu apartamento na capital catarinense
Ela é um dos ícones fashion mais badalados do momento. Figura no poderoso time de tops que levam o nome do Brasil mundo afora. 
Mas é longe de todo esse frenesi que Alessandra Ambrosio (31) desfruta os melhores momentos da vida.
“Formar uma família era um sonho de menina. Antes de pensar em construir uma carreira, eu já escolhia os nomes dos meus filhos”, revela a gaúcha.
Serena, ela recebeu CARAS, com exclusividade, em seu apartamento, em Florianópolis, tendo nos braços o que chama de seu “segundo milagre”, Noah Phoenix, nascido no dia 7 de maio.
 “Gerar uma vida é especial”, vibra Alê, mãe de Anja Louise (3), também fruto da união de cinco anos com o empresário norte-americano Jamie Mazur (34).
 “Me sinto completa e superfeliz ao lado do meu marido e filhos”, ressalta a beldade, que para celebrar o momento doou, em parceria com a Pampers, 150000 reais para projetos sociais do Unicef.
Desdobrando-se em cuidados com os herdeiros, a modelo demonstra tranquilidade e segurança. “Nós, mulheres, temos esse dom”, diverte-se ela, que há 11 anos é uma das angels da grife Victoria’s Secret.
 “Amo meu trabalho. Ainda há muito o que desejo fazer”, avisa a top, a sexta mais bem paga do mundo, com faturamento de 6,6 milhões de dólares em 2011, segundo a revista Forbes.
–O que mudou na sua vida com a maternidade?
– Vivo para os meus filhos, tudo que faço é pensando no futuro deles. Olhá-los é ver o meu sonho realizado. Quando engravidei da Anja foi uma surpresa e, desde então, vinha planejando um irmãozinho para ela. Não sei se vamos parar por aqui.

– E o Jamie?
– A cumplicidade é maior. Formamos a família que tanto queríamos.

– Ele acompanhou o parto?
– O Jamie estava ao meu lado o tempo todo. Foi ele quem pegou o Noah no colo pela primeira vez e o trouxe para mim. Ele segurava a minha mão e ia filmando com a outra. Os vídeos estão um pouco conturbados, mas valeu a pena. (risos)
– O que sentiu ao ver o Noah?
– Queria ver se ele era perfeitinho, olhei para o rosto dele e perguntei se estava bem, com saúde. Fiquei superagradecida. Ele é um presente. Chorei muito.

– Ele se parece com quem?
– O Jamie acha que ele vai ser mais parecido comigo, tem meus olhos e o meu tom de pele. Lembro que com a Anja não tive dúvidas, me vi no rosto dela. Já com o Noah não consegui decifrar. Talvez pela carinha de menino, ainda estou aprendendo.

– Quem escolheu o nome dele?
– Ficamos entre dois e, então, no dia em que ele ia nascer, pedi à Anja que escolhesse. Noah é um nome bíblico, sempre achei lindo. E Phoenix transmite força.

– Como a Anja o recebeu?
– Ela estava feliz e muito ansiosa. Assistiu ao nascimento pelo vídeo e até chorou. Ela foi uma das primeiras pessoas a tocar nele e fica toda orgulhosa com isso.

– Ela teve ciúmes?
– Quando voltamos da maternidade ela fez uma apresentação de dança. Não foi ciúmes, mas queria mostrar que tinha coisas novas a oferecer. Agora, ela está toda zelosa, quer mostrá-lo para o mundo. Já o colocou no carrinho de boneca e saiu empurrando pela casa.

– Por que optou por ter seus filhos no Brasil?
– No caso da Anja, preferi estar aqui para ter meus pais e minha irmã por perto e poder falar a minha língua caso algo ocorresse. Já com o Noah, o plano era que ele nascesse nos EUA, mas cheguei no Brasil e não senti mais vontade de voltar.
– Vê diferença entre ser mãe de menino e menina?
– Com menina já vamos colocando top, saia, brinco. Com menino é mais fácil. Mas há uma coisa forte entre mãe e filho, vira uma paixão louca desde a barriga. Anja e eu temos uma cumplicidade deliciosa, com o Noah a sensação é diferente, é mais protetora.

– E a rotina de mãe?
– É a melhor coisa da vida. Por mim, ficaria o dia todo grudada neles. Adoro dar banho, fazê-los dormir e, no caso do Noah, amamentar. Me sinto totalmente conectada a ele.

– É difícil dosar trabalho e maternidade?
– Avalio o que realmente vale a pena para me tirar de casa e de perto das crianças. Nada no mundo me faria perder uma data especial ou um momento importante para elas. Abro mão do dinheiro que for.

– Como é a Alessandra longe das passarelas, no dia a dia?
– Não uso maquiagem, não arrumo o cabelo e procuro usar roupas confortáveis. Meu dia a dia é dos meus filhos.

FONTE\CARAS
Leão sobre ficar três anos longe da TV:
'Cocei bastante'
Gilberto Barros é a aposta da Rede TV para as tardes de sábado, e estreia neste fim de semana
É com a missão de abocanhar uma fatia da audiência dos sábados que a Rede TV traz Gilberto Barros de volta à televisão. 
À frente do “Sábado Total”, que estreia neste sábado (30), Gilberto, mais conhecido como Leão, promete reviver quadros que ele garante terem sido sua criação.
 “O resto é tudo cópia”, diz ele, que vai reviver o famoso e polêmico quadro “Prova do Tubo D’Água”, uma competição de perguntas e resposta entre homens e mulheres, que coloca os participantes seminus no tubo.
“Desta vez não, eles estarão vestidos”, garante ele, que também ressuscitou a Feijoada do Leão, na qual recebe artistas. 
“Foram três anos de muitas saudades, esperei muito por esse momento”, diz ele sobre o hiato na carreira.
 Em 2008, ele deixou a Band, onde comandava três programas, e se mudou para Orlando, nos Estados Unidos.
 “Não fiz nada. Cocei bastante”, brinca ele, que faz questão de frisar que perdeu 15 kg nesse período.
Com possibilidade de ter o tempo de duração aumentada, “Sábado Total”, a principio, não tem metas de audiência, pelo menos oficialmente.
 “Nunca tivemos nada que fosse comparativo neste horário”, explica Mônica Pimentel, diretora artística da Rede TV.
 “A principio, o programa é muito bom”, continua ela. Com um auditório ao ar livre e com capacidade para receber 300 pessoas, o plano da emissora é inovar na interatividade. 
“Se passar alguém aqui, um caminhoneiro, por exemplo, e quiser ler a carta para a mãe ao vivo, por que não?”, diz Leão, se referindo ao fato dos estúdios da emissora ficarem na Rodovia Castello Branco.
“Sábado Total” estreia amanhã dia (30), das 14h às 17h.

FONTE\ODIA
Isabelle Drummond:
 "A elegância está na discrição"
Isabelle Drummond fala de sua personagem, Cida, em 
Cheias de Charme, e conta como é seu estilo no dia a dia

Quem vê Isabelle Drummond, 18 anos, brilhar no papel da empreguete Cida em "Cheias de Charme" não imagina que a atriz é bem básica no dia a dia e aposta em camiseta, calça jeans, tênis ou sapatilha e cara lavada.
 "Não que eu não goste de me produzir de vez em quando. Mas, eu sou básica mesmo", contou a estrela em uma entrevista ao site oficial da novela global.
A jovem atriz conta um pouco de sua vida para o site de Cheias de Charme. Apesar de estar na pele de Cida Empreguete, é só conversar um pouco com ela para entender que naturalidade é sua palavra: "Eu sempre fui assim.
 Quando mais nova era mais vaidosa, até gostava de usar salto. Não gosto de chamar atenção. Para mim, a elegância tá na discrição", contou para a publicação.
Isabelle disse ainda ao site da novela Cheias de Charme que adora ir ao teatro, encontrar com amigos no barzinho ou recebê-los em casa: "Sou caseira, prefiro programas mais calmos".
 Seu estilo pode até ser diferente de muitas jovens da sua idade, que estão descobrindo a independência, mas a intérprete de Cida explica muito bem: 
"Acho que essa minha maneira natural de ser envolve uma série de fatores: minha criação, minha escolha espiritual e meu próprio pensamento de gostar de viver em ambiente de paz. Não gosto de nada que altere o meu equilíbrio."
Esse jeito calmo e maduro não quer dizer que essa morena de 18 anos não tenha personalidade forte. "Só faço as coisas que gosto. 
Não faço nada que não seja pelo amor, desejo ou vontade de fazer. Tenho cabeça segura, sou firme, mas sei ser flexível sempre que necessário", finaliza.

FONTE\MDEMULHER
A Hora do Faro estreia em setembro na Record
Garoto de ouro da Record, Rodrigo Faro ja se prepara para um novo desafio.

O apresentador do programa O Melhor do Brasil, exibido aos sábados, está contando dias e horas para a estreia de sua atração diária: A Hora do Faro.
O apresentador, que se afastou da apresentação do Ídolos justamente por esse novo compromisso, está pra lá de ansioso, mas guarda segredo sobre o assunto. Faro será mantido no programa semanal.
O programa tem estreia prevista para setembro e está sendo montado com fragmentos de várias atrações de entretenimento, pelo mundo.
"Quanto menos estardalhaço, melhor", disse o precavido Faro a O Fuxico.
A assessoria de comunicação da Record informou que ainda não tem informação sobre o horário que o programa será exibido. Porém, especula-se que será na faixa vespertina da emissora.

FONTE\OFUXICO
Em cartaz
Dois em cena
Rosamaria Murtinho e Helena 
Ranaldi falam de sua arte
É difícil definir o momento no qual o ator se percebe como tal. “Não sei se me descobri até agora”, comenta, bem-humorada, Rosamaria Murtinho, com mais de 50 anos de carreira. 
Quase sempre o ofício se constrói com os próprios trabalhos. “E quando a gente envelhece é que começa a melhorar”, acrescenta Helena Ranaldi.
 Juntas, as atrizes celebram o fim do preconceito contra quem decide seguir a carreira artística, mas alertam: não dá para se manter na profissão apenas seguindo o apelo da fama.
Rosamaria Murtinho O que é ser atriz? Na verdade, te convidam e você trabalha. E depois você entra num roldão e fica difícil sair. Mas não fico pensando muito se eu sou uma atriz. Não se se descobri até agora (risos). A Cacilda Becker dizia que isso era um ofício. E logo ela, que quando começou, todo mundo dizia que não seria atriz. E, entre essas pessoas, o Ziembinski. Então tudo é muito relativo.

Helena Ranaldi – Sempre tive profundo prazer em atuar. Mesmo antes de saber que estava atuando ou que isso seria uma profissão. Durante toda minha infância, adolescência e juventude eu representava sozinha. Ia para o quarto ou o banheiro e fazia figurino, maquiagem, uma cena!

RM – Olha que coisa bacana! Isso nunca aconteceu comigo. Eu nunca quis representar. Queria ser bailarina. Um dia, faltou uma atriz no grupo do meu irmão, o Studio 55, e ele disse ao Paulo Francis, que dirigia, para me pôr em cena. E nunca mais parei.

HR – Mas eu também não imaginava representar como profissão, por não ter ninguém próximo no meio artístico. Até que chegou uma hora em que isso falou mais alto. E lá fui eu estudar com o Antunes Filho. E depois é como você diz, as pessoas te convidam e é difícil sair.

RM – Agora é muito mais difícil começar.

HR – Também acho.

RM – Hoje tem muito mais gente querendo ser atriz. Quando eu era moça havia um preconceito muito maior. Como a Fernanda Montenegro diz, homem era bicha e mulher, prostituta.

HR – Isso foi completamente superado. Atualmente tem glamour em ser ator.

RM – Mas também é a possibilidade de as pessoas terem uma vida melhor através da arte. Isso é fantástico.

HR – Ao mesmo tempo, tem muito gente que escolhe a profissão pela fama.

RM – E o pior é que acredita. Isso é terrível.

HR – É, as pessoas se iludem. É o ego. Vou ser muito sincera: acho muito chata a fama.

RM – A fama vem porque é inerente à profissão. Por isso nunca esnobo um fotógrafo.

HR – O que incomoda no paparazzo é ele trabalhar escondido. É invasivo. É bom quando um fotógrafo se apresenta a você. Isso é de uma delicadeza incrível, e que não existe mais.

RM – A meninada quer o gossip, a fofoca. O lance amoroso, quem tá namorando quem. Isso é um lance que vende revista. Isso é que pode incomodar. Mas na minha idade, não estou nem aí. Agora, acho que não deveria haver crítica, mas comentaristas, como era na China. A crítica é antidialética. Você não pode botar um ponto final nas coisas. Um dia, o espetáculo sai lindo. E vai que amanhã ele não saia tão bem.

HR – Normalmente a crítica vai ao teatro no início da temporada, o que é cruel. É o dia mais tenso, o primeiro momento em que você está mostrando o trabalho. Mas o espetáculo ganha muito com tempo.

RM – Eu nunca estou pronta na estreia. Só duas semanas depois. Tanto que digo à minha família para não ir no primeiro dia, porque vou errar tudo, não vai dar ritmo. Eu sou lenta! É como no balé. É impossível o coreógrafo passar o balé inteiro aos bailarinos. Ele vai aos poucos, aos trechos.

HR – Seria interessante se tivéssemos mais crítica, mais pluralidade de opiniões. Cada espectador reage de uma maneira.

RM – O teatro ganha com o tempo. O público te ensina, os colegas te ensinam e você aprende. É uma troca muito gostosa. Mas é uma carreira muito efêmera. E existe uma cobrança maior sobre as mulheres. Homem pode ficar velho; mulher não. Eu já fiz mocinha, depois mãe e avó e bisavó.

HR – E quando a gente envelhece é que começa a melhorar (risos). Quando mais se trabalha, maior é a experiência. Vai ficando mais segura...

RM – Segura e corajosa. Se uma atriz não se arrisca, ela não pode ser considerada uma atriz. O bacana dessa profissão é que você pode e deve arriscar. Na nova versão de “O Astro”, gostei porque fiz um papel bem diferente.

HR – Gostaria mesmo era de fazer um ciclo com as peças de Nelson Rodrigues.

RM – Agora quero fazer uma prostituta, dessas que guardam dinheiro no decote. Está faltando uma dessas que abra os braços, que ria muito, seja alegre, que viva mesmo. Acabei de fazer a quietinha que não abria a boca com medo, a travada, a mal-amada. Agora quero a prostituta!

FONTE\GLOBOTEATRO
Dan Stulbach vai ser pai pela segunda vez
Ator, sempre discreto em relação à sua vida pessoal, falou sobre sua família em entrevista a Marília Gabriela.
Dan Stulbach deixou a discrição de lado e falou sobre sua família pela primeira vez em entrevista a Marília Gabriela. 
O ator contou que está casado e que será pai de novo, agora de um menino.
“Eu estou vivendo um super-relacionamento. Estou casado, tenho uma filha linda e um filho que está para nascer”, disse Dan, que revelou ainda seu desejo de ter sido jogador de futebol.
"Jogo bem, me garanto. Sempre fui apaixonado pelo futebol. Queria mesmo é ser jogador de futebol, mas operei os pés quando tinha 12 anos. 
Agora queria fazer um programa que eu pudesse falar de futebol e política", contou.

FONTE\EGO
Gabriela Duarte:
'Filhos só embelezam a gente'
Mãe de dois filhos, a atriz contou como divide 
seu tempo entre a profissão e a maternidade.

Após seis meses do nascimento de seu segundo filho, Frederico, Gabriela Duarte já voltou ao trabalho e está em cartaz com a peça "A Garota do Adeus", em São Paulo. 
Em entrevista á revista "Brasileiros", a atriz contou como está sua rotina com a maternidade e a profissão.
"Me divido entre duas coisas grandes: a maternidade e a profissão, que também é um processo de ‘gestação’ de personagens, mas ser mãe, de verdade, faz com que você consiga abraçar coisas que nunca imaginou”, disse ela, que também é mãe de Manuela, de 5 anos.
 “Penso muito menos em meu corpo ou na minha silhueta do que na minha relação com a criança e na amamentacao. Filhos só embelezam a gente”, conclui.

FONTE\EGO
Bial sobre polêmica 
do vibrador de Noemí:
 'Outras sisters gostavam'
Esquentando o debate, apresentador comenta a reação do brasileiro 
às atitudes ousadas da espanhola, como o banho o nu em rede nacional

Esquentando o debate de temas polêmicos, foco do programa Na Moral, Pedro Bial comentou a declaração da ex-sister do BBB espanhol, Noemí. 
A morena, que participou também do BBB 12 e teve um affair com o vencedor Fael, disse, em entrevista exclusiva ao EGO, que não precisa de homens o tempo todo: “Tenho meu manolito particular”, disparou, se referindo a um vibrador.
Para Bial, nada mais natural do que assumir o uso de acessórios eróticos. Comandante da nave BBB desde a estreia, em 2000, o jornalista relembrou que outras sisters já fizeram declarações semelhantes.
 “Me lembro que a Fani gostava de um que era uma borboletinha", citou, completando que o vibrador já está inserido na vida da mulher contemporânea." É o peru sem homem", analisou brincando.
Noemí foi sister no Gran Hermano, o BBB espanhol

Para o apresentador do Na Moral, a espanhola está certa em agir com naturalidade quando o assunto é sexo. O curioso, para ele, foi a reação das pessoas à nudez da morena na casa do BBB 12.
“Foi engraçado ver como a gente acha totalmente normal o biquíni fio-dental, a boquinha da garrafa, o carnaval todo mundo nu; mas a menina trocando de roupa como uma criança ... 'ah, ela mostrou o que não devia'. Quem diz o que ela deve ou não mostrar?", polemizou.

FONTE\GLOBO
A atriz Evelyn Montesano é 
capa da revista A Femininna
Por Fernanda Aguiar
A atriz Evelyn Montesano que atuou na segunda temporada da série de humor Open Bar, do Multishow, é a capa da revista A Femininna.
No ensaio feito pela fotógrafa Camila Balthazar, a atriz aparece deslumbrante em um vestido branco bem parecido com o usado por Marilyn Monroe no filme O Pecado Mora ao Lado, de 1954. 
O cabelo loiro platinado, adorado pelas celebridades internacionais e que realçou ainda mais a beleza da atriz, também remete à diva do cinema Hollywoodiano.
O ex-jogador e tetracampeão do mundo Bebeto também aprovou a bela capa com a atriz e aparece junto com o editor Roberto Lewis segurando a publicação. 

FONTE\RIOPRESSASSESSORIA
Os 20 mais sexies
Elegemos os 20 homens com mays sex appeal
 em terras tupiniquins. Está bom pra você?
Por Joyce Moretti
É muito comum ouvir que o Brasil é um país de mulheres bonitas e sensuais. Mas e quanto aos homens? Eles também têm seu charme e nos fazem vibrar com tanta sensualidade. Fizemos uma lista dos top 20 para você se deliciar.

FONTE\UMAMULHER