sábado, 25 de julho de 2015

Deborah Secco desmente casamento secreto:

 “Estão mentindo muito sobre mim” 

Grávida de quase cinco meses, atriz afirmou ainda que não comprou mansão de 1 milhão de reais nos EUA.

Deborah Secco foi convidada, na noite desta quinta-feira (23), para a inauguração de uma loja de telefonia, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. 

Durante conversa com jornalistas, a atriz, que está usando aliança de compromisso, desmentiu os rumores que circulam na internet sobre a realização de um casamento secreto com seu atual companheiro, o surfista Hugo Moura, que teria acontecido no Nordeste brasileiro. 

 “Não existe história nenhuma de casamento secreto. 

O [José] Loreto e a Débora [Nascimento] casaram em Dubai, em uma cerimônia só deles e para mim é isso o que importa, essa cerimônia diante de Deus é o que importa.

 Ultimamente estão surgindo muitas histórias, estão mentindo muito sobre mim”, desabafou Deborah, que negou também ter investido 1 milhão de reais em uma mansão nos Estados Unidos. 

 Grávida de quase cinco meses, a atriz – que aguarda pela chegada de Maria Flor, a sua primeira filha – revelou que tem o desejo de aumentar ainda mais a família: 

“Quero uns dois ou três. Não queria parar no primeiro filho, mas prevalece a vontade de Deus nessa hora.

 Vou aos poucos curtindo essa novidade que é ser mãe”.

 A estrela falou ainda sobre o ganho de peso durante a gestação: 

“Estou com oito quilos agora e para esses primeiros meses já estou achando muito. 

Na verdade, não tenho uma meta de peão. Estou curtindo a gravidez e comendo coisas bacanas para a minha filha e para mim.

 Me preocupo mais com a saúde do que com o ganho de quilos”, comentou.

 Questionada ainda sobre a sua licença-maternidade, Deborah revelou que não tem planos para retornar ao trabalho na televisão ou no cinema após o nascimento da filha: 

“Quero curtir agora a gravidez, mas não sei o que vai ser do futuro. Vou esperar ela nascer primeiro. Eu desejo muitas coisas, mas as coisas mudam o tempo todo”. 

 FONTE/OSUL

Nenhum comentário:

Postar um comentário