terça-feira, 28 de julho de 2015

Ela não para! 
Confira 24 horas com Fernanda Souza
QUEM acompanhou a rotina da atriz multitarefa. A mulher do cantor Thiaguinho não para: além de atuar, cuida de toda a produção e não descuida do corpo e da casa
Fernanda Souza reestreiou o trabalho de sua autoria, no Rio de Janeiro, a peça Meu Passado Me Condena que fala sobre sua história de vida.
 QUEM acompanhou o dia da reestreia da atriz que provou ser multiarefa. A mulher do cantor Thiaguinho não para: além de atuar, cuida de toda a produção e não descuida do corpo e da casa.
Malhando em casa
Fernanda Souza acorda por volta das 8h e toma o café da manhã. Quando o marido, o cantor Thiaguinho, está viajando a trabalho – o que geralmente acontece de quinta a domingo –, ela começa o dia pegando pesado no treino funcional ou no muay thai. “Quando ele está em casa, malho entre 11h e meio-dia, para passar a manhã com ele”, conta a atriz. O personal trainer Bruno D’Orleans vai até a residência do casal dar as aulas. “O treino é para manter o gasto energético, manter medidas e um percentual de gordura alinhado”, diz ele.

Entrevista na TV Globo
Um carro da TV Globo pega a atriz para levá-la a uma entrevista no RJTV 1ª edição, sobre a reestreia da peça. A temporada carioca vai até 27 de setembro. “Em dois anos de espetáculo foram 200 mil espectadores em 56 cidades. Espero que depois de setembro consigamos seguir em cartaz aqui no Rio”, diz Fernanda, que também já está escalada para A Regra do Jogo, próxima novela das 9. Será sua estreia em uma trama nesse horário. “A personagem, Mel, é uma aspirante a atriz e figurante na Globo. Ela é sensual, mas tem veia cômica. Não vejo a hora de começar”, anima-se.

Almoço rápido
Depois da participação no telejornal, Fernanda corre com seu produtor, Léo Fuchs, para um encontro com parceiros da peça e de lá segue para um almoço rápido no Le Vin Bistro, no BarraShopping. “Nunca pensei em produzir, o Léo que me convenceu, é meu melhor amigo”, explica. Ao lado dele, ela toma conta de todos os detalhes do espetáculo. “Sou chefe: decido o que a gente vai comer (em viagens), horários, cidades, sessões... É um lance de organizar vidas, gosto disso, não me incomodo”, diz. 

Bastidores
Fernanda prepara seu camarim como se fosse um pedaço de casa: com fotos, uma Nossa Senhora Aparecida na bancada e flores. Enquanto é maquiada, faz um balanço dos dois anos de peça. “Quando estreamos, o Léo disse: ‘Um dia você vai fazer no Vivo Rio’. Eu perguntei se ele tinha bebido porque o Vivo Rio tem 2 mil lugares! Comecei a fazer a peça em um teatro de 300 lugares por achar que as pessoas não iam sair de casa para me ver”, lembra a atriz. A profecia do amigo, no entanto, foi certeira. “No Vivo Rio os ingressos se esgotaram três dias antes! E era no mesmo dia do show da Miley Cyrus! Eu chorava no camarim, pensando: ‘Não é possível’. Fico emocionada até hoje! Não me acho uma estrela”, afirma.
Antes da peça
No início da noite, a equipe se reúne e faz uma oração junto com a atriz. “Eles são minha família”, diz ela, que faz o que for preciso no teatro para tudo sair perfeito – incluindo varrer o carpete instalado no palco. “Eu vou e faço mesmo”, afirma. Em casa, ela tem o mesmo temperamento. “Cuido de tudo”, revela Fernanda, que planejou a casa em detalhes com Thiaguinho.  “Fizemos do jeito que queríamos, com churrasqueira e home theater para chamar amigos para ver filme. Nós somos muito caseiros.”

Fernanda em ação
No texto da peça, a atriz conta sua vida: da infância, passando pelo trabalho na TV, até o casamento com Thiaguinho – tudo com humor. “Isso para mim não é trabalho, é prazer! Estou divertindo as pessoas e me divertindo. Sou espontânea, não vivo uma personagem. Faço a Fernanda que as pessoas não conheceram na TV ou nas entrevistas. Aqui sou quem quero”, diz. No início do espetáculo, o público já sente o clima de descontração. Após o aviso que pede para desligar os celulares e não filmar nem fotografar, ela entra.“Esqueçam o aviso, fotografem à vontade”, declara. A hashtag com o nome da peça tem 30 mil imagens em uma rede social.

Carinho com os fãs
Fernanda faz questão de receber o público na saída do teatro. Em tempos em que uma foto substitui o autógrafo, ela posa para uma selfie com cada um da fila. E diz que curte todas as imagens da peça postadas pelos fãs em redes sociais. “Não dá tempo de ouvir as pessoas, mas leio e vejo o que elas acham e vou curtindo! É um carinho com quem saiu de casa para me ver”, conclui, realizada.

FONTE/QUEM

Nenhum comentário:

Postar um comentário