terça-feira, 4 de agosto de 2015

Estilista falida em 'A regra do jogo', Monique Alfradique fala da chegada dos 30 e do namoro à distância: 
'Relação estável'
Por Anna Luiza Santiago
Depois do drama envolvendo a doação de óvulos de Beatriz em "Fina estampa", Monique Alfradique voltará às novelas num papel completamente diferente.
 Em "A regra do jogo", próxima trama das 21h, ela será Tina, uma estilista que vai morar no Morro da Macaca com o marido, o arquiteto Rui (Bruno Mazzeo), após uma crise financeira.
- Será um núcleo cômico. Tina teve tudo na infância, nunca cuidou da casa. Quando casa com Rui, começa a se deparar com outra realidade. 
Ela, que sempre morou no Leblon, se muda para Botafogo com ele. A novela começa desse ponto, mostrando os dois sem emprego e trabalhando como freelance .
Até que ele vê a possibilidade de se mudar para o Morro da Macaca e acerta tudo sem a mulher saber. Tina terá uma surpresa quando chegar lá. As situações são bem engraçadas - adianta ela.
Oziel (Fábio Lago), filho do porteiro do apartamento de Botafogo, é que convencerá Rui a morar na comunidade. Ele será casado com Indira (Cris Vianna), dona de uma loja de roupas no morro.
- Primeiro, Tina vair rejeitar o lugar. Depois, vai entrar na dança e acabar gostando - conta a atriz.
Monique teve o primeiro contato com comédia na peça "Qualquer gato vira-lata...". 
Recentemente, ela integrou o elenco de "#PartiuShopping", programa de Tom Cavalcante no Multishow, como a perua Perla.
- Sou uma atriz inquieta e sempre busquei coisas novas. Tive um bom retorno com a participação no programa.
 As pessoas ficaram felizes com essa minha descoberta no humor. E a Tina veio num momento de muito amadurecimento pessoal - avalia a atriz, que completará 30 anos em abril. 
- A idade está chegando e eu estou sendo preenchida. Estão surgindo personagens mais marcantes e desafiadores.
A atriz, que namora há um ano e meio um empresário de São Paulo, fala do namoro à distância:
- Nos encontramos no fim de semana. Eu preciso estar sozinha, gosto das minhas coisas, do meu momento. 
Então, aproveito bem essa distância, sem sofrimento. É uma relação estável, a gente se respeita bastante.

FONTE/OGLOBO

Nenhum comentário:

Postar um comentário