quarta-feira, 27 de abril de 2016

Cachês de cantores brasileiros caem até 75% por causa da crise 
 Anitta recebe Ludmilla em programa e dispara: “A gente não se fala” Wesley Safadão quer disputar a guarda do filho com a ex-mulher Anitta e Ivete Sangalo também estão sendo afetadas pela crise.
 Anitta e Ivete Sangalo também estão sendo afetadas pela crise Se antes eram conhecidos por figurarem no ranking dos cantores mais bem pagos do país, vários famosos viram seus cachês caírem drasticamente por causa da crise. 
 De acordo com o colunista Ricardo Feltrin, como a maior parte dos shows são contratados por órgãos públicos, como eventos de secretarias de Cultura, prefeituras, a recessão fez com que a verba fosse encurtada, o que resultou na redução do que era oferecido. Um dos maiores exemplos é o cantor Wesley Safadão.
Considerado o cantor mais bem pago do ano passado, com apresentação avaliada entre R$ 500 mil a R$ 800 mil, o famoso viu seu faturamento cair para R$ 200 mil, menos 75%. 
 Outros nomes da música nacional que também tiveram reduções foram Jorge &Mateus (de R$ 400 mil para R$ 320 mil), Ivete Sangalo (de R$350 mil para R$250 mil), Gusttavo Lima (de R$ 320 mil para R$ 220 mil), Anitta (de R$ 80 mil para R$ 40 mil), entre outros.

FONTE/BOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário