sexta-feira, 20 de maio de 2016

Camila Queiroz:
Me senti numa peça de teatro”
 A inocência de Mafalda tem gerado momentos divertidos na novela. 
 Um ano depois de estourar como a Angel de “Verdades Secretas” (2015), Camila Queiroz está feliz por ser reconhecida como a Mafalda de “Êta Mundo Bom”, da TV Globo.
 E não só por mostrar que a personagem deu certo, mas por que a própria atriz diz se identificar pessoalmente com a caipira. 
 “A Mafalda tem tudo da Camila. Ela é inocente, eu sou uma pessoa ainda muito inocente. 
A gente é romântica, engraçada, gulosa. Temos muita coisa parecida, principalmente por ser do interior, meio caipira”, conta a atriz.
 A inocência de Mafalda tem gerado momentos divertidos na novela, especialmente nas cenas em que ela sai perguntando às mulheres da família sobre o tal “cegonho” que os homens guardam dentro da calça. 
 Para Camila Queiroz, as cenas de “cegonho” são as mais divertidas de se gravar e chegam a parecer uma peça de teatro com a pequena plateia que se junta no estúdio para assistir às gravações. 
 “As cenas do ‘cegonho’ são maravilhosas, são nossas preferidas para gravar por que a gente se diverte muito. 
Teve uma cena, na primeira vez que eu vejo o ‘cegonho’ do Romeu (Klebber Toledo) e eu volto e encontro a Cunegundes (Elizabeth Savalla) de cama e a tia Eponina (Rosi Campos) cuidando dela, o estúdio inteiro parou para ver. 
Me senti numa peça de teatro. Todo mundo ria muito”, lembra.

FONTE/OGLOBO

Nenhum comentário:

Postar um comentário