sexta-feira, 13 de maio de 2016

  Mariah Rocha lança filme, diz que está tentando virar vegetariana e fala do corpo:
 'Não sou focada nisso' 
Por Anna Luiza Santiago
Mariah Rocha acaba de lançar o filme "Eu só e nada mais", de Dodô Azevedo, sobre uma mulher que é levada para a Europa pelo marido, numa tentativa dele de curá-la de um distúrbio de personalidade. 
A primeira exibição aconteceu mês passado, no Cine Joia, na Zona Sul do Rio de Janeiro. 
 - O filme fala sobre o feminino.
 O distúrbio de personalidade é uma maneira filosófica de mostrar o infinito que é ser mulher.
 Esse filme, por ser muito experimental, tem várias quebras de linguagem.
 Tive que visitar lugares dentro de mim mesma aos quais nunca tinha ido antes.
 Foi muito rico e interessante.
 Poderia fazer cinema experimental a vida inteira, pois é prazeroso demais - explica ela, que filmou em Paris, Barcelona e Bruxelas por 20 dias.
 Este ano, Mariah lançará ainda o curta-metragem "Considerações sobre fumaça e musgo", de Artur Miranda.
 Ela também fará a série sobre os Mamonas Assassinas, na Record, vai rodar outra produção do diretor em setembro e tem projeto de uma série para a TV paga. 
 - Adoro fazer TV, é um meio que sempre me acolheu. 
Mas meu primeiro trabalho como atriz foi aos 13 anos no cinema.
 Então, digo que estou retomando as origens e desfrutando desses convites.
 É só um momento. Mariah, de 26 anos, conta que muitos fãs perguntam em seu Instagram sobre a volta à TV e também demonstram curiosidade em relação aos projetos no cinema.
 Mãe de João Pedro, de 7 anos, fruto da relação com o músico João Gevaerd, de quem teve uma separação conturbada e muito comentada, ela diz que procura lidar com equilíbrio com as redes sociais:
 - Tento ter o máximo de bom senso possível. 
Evito postar coisas muito pessoais, mas não deixo de expressar meus pontos de vista. 
Não sou radical. Numa das fotos publicadas no Instagram, ela contou que está diminuindo o consumo de carne.
 - Ainda não virei vegetariana, estou tentando. 
Mas sem pressa, no meu próprio tempo - afirma a atriz, que se matriculou numa academia pela primeira vez na vida em 2013 e agora está sem malhar. 
Quando dá tempo, faço alguma atividade. 
Não me preocupo muito. Tenho um corpo normal.
 Não cometo excessos, mas também não sou focada nisso. 

FONTE/OGLOBO

Nenhum comentário:

Postar um comentário