quinta-feira, 29 de setembro de 2016

  Deborah Secco revela a Pedro Bial: 
'É comum andar em casa sem roupa' 
Durante entrevista ao 'Programa do Bial', exibido pelo canal GNT, atriz afirma que nudez já foi um problema, mas que isso mudou com o tempo. 

Por Yuri Fernandes 
Deborah Secco foi a convidada especial do “Programa com Bial”, que foi exibido no  domingo, 25, pelo canal pago GNT. 
Durante a entrevista a Pedro Bial, a atriz falou sobre sua carreira na televisão, que começou ainda criança, e também sobre o título de sexy symbol que carregou durante anos e recebeu ao posar, pela primeira vez, para a revista masculina "Playboy", em 1999. 
A mãe de Maria Flor conta que, na época, não tinha noção do que isso representava. 
“Foi uma decisão pura e exclusivamente financeira. Venho de uma família humilde e aquele dinheiro mudaria a minha vida radicalmente. 
Sempre pensava que a minha carreira podia dar certo, mas, e se não desse? 
Esse dinheiro já me dava uma casa própria e a condição de pagar a minha faculdade”, explica ela, que está no elenco da atual temporada de "Malhação". 
Durante o bate-papo, a atriz afirma ainda que, no começo da carreira, a nudez era um problema para ela, mas já não tem mais tabu sobre o assunto. 
Aliás, ela posou recentemente nua para um projeto.
 “A nudez virou quase que uma roupa. 
Hoje, posso falar que não fico desconfortável nua e, para mim, é comum andar em casa sem roupa. 
O mundo seria melhor se isso não fosse um tabu. 
A personagem Bruna Surfistinha (do filme homônimo) facilitou o costume com as cenas sem roupa. 
Durante as gravações, tive que ter um desapego total", contou. 
Famosa por ter sido “namoradeira”, a mãe da pequena Maria Flor, de nove meses, que agora é casada com Hugo Moura, revela que nunca se privou de mostrar as emoções ao mundo.
 “Em todas as minhas derrotas e relacionamentos conturbados, nunca fiz esforço para não chorar na rua. 
Sou uma pessoa verdadeira e muito impulsiva. 
Não consigo pensar que sou uma figura pública e não posso estar chorando pelo que vão pensar de mim. 
Se vou sofrer, que sofra em público”, garantiu.

FONTE/EGO

Nenhum comentário:

Postar um comentário