quarta-feira, 5 de outubro de 2016

 7 coisas sobre Fábio Scalon
 Fábio Scalon, o Jabá de Malhação, diz que o mais importante é viver o agora. 
Aos 19 anos e solteiro, o brasiliense que pensou em estudar engenharia, mas desistiu para ser ator, faz sua estreia como o arrogante jogador de vôlei de praia da novela da TV Globo 
 1. ERA UM ÓTIMO ALUNO
 “Nunca fiquei de recuperação nem repeti de ano. E pensava em estudar engenharia. Mas já fazia cursos de teatro e diziam que eu tinha futuro. Aí decidi optar pelo que gostava. Conversei com meus pais e deu certo. Fiz um acordo com eles de fazer uma faculdade. Quero cursar cinema.” . 

 2. É VICIADO EM SÉRIES
 “Entre as que gosto estão Breaking Bad e Prison Break. Recentemente comecei a ver Vikings. Na verdade, série é uma coisa que não faz muito bem, começo a assistir a um episódio e quando vejo são 3h da manhã (risos). Não tenho maturidade para isso, toma muito tempo!” 
 3. JÁ INTERPRETOU JESUS CRISTO “Acredito não só em Deus, como também no fato de que Ele é a melhor parte do que existe em nós. Fui Jesus na Paixão de Cristo de Vassouras (município do Rio) na última Páscoa, com elenco de 30 atores e 1.500 pessoas acompanhando. Dava medo de ficar lá em cima na cruz, mas quando vi a multidão, foi uma energia!” .
 4. ADORA OS ANIMAIS
 “Tenho um poodle misturado, o Teo, de 6 anos (foto). Já tive um schnauzer, o Bobby, e outro poodle, o Billy. Como sempre morei em apartamento, nunca tive cachorro grande. Sou apaixonado por animais e não apoio quem tem passarinho como bicho de estimação. Não gosto de bicho preso. Outro dia vi na TV um zoológico aberto, onde as pessoas entravam em jaulas em um carro e iam vendo os animais do lado de fora na natureza. Tinha que ser assim sempre.” .

 5. VALORIA O TEMPO 
“Recomendo o filme O Preço do Amanhã (2011), que fala sobre o tempo e nossas escolhas. A gente passa a vida inteira buscando coisas para ser feliz e reclamando de tudo. O tempo é nosso bem mais precioso. Só vamos dar valor a ele quando o perdermos. Temos que valorizar o agora e deixar as pessoas que a gente ama sempre com palavras de amor porque pode ser a última vez que vamos vê-las. O amanhã é agora!”

 6. TEM O MESMO NOME QUE O PAI 
“Devo tudo aos meus pais (a pedagoga Márcia, de 50 anos, e o representante de vendas Fábio, de 53) e à criação que eles deram a mim e às minhas irmãs (Luísa, de 24, e Lara, de 16). Sou muito amigo deles, com quem me abro sobre tudo. Nasci em Brasília, mas por causa do trabalho do meu pai nos mudamos para Florianópolis (SC) quando eu tinha 7 anos. Aos 13 fomos para Niterói (RJ). Na família, me chamam de Fabinho, porque eu e meu pai temos o mesmo nome.” .
 7. TEM VONTADE DE ESCREVER UM LIVRO 
“Adoro escrever, tenho vários poemas e textos que gostaria de juntar em um livro. Minha mãe brinca que sempre fui artista, porque sou sonhador e tenho sensibilidade para tudo. Já toquei vários instrumentos, mas nunca aparecia algo que pudesse dizer ‘essa é a minha’. Isso só aconteceu quando entrei no curso de teatro, fiz peças e vi que queria fazer arte.”

FONTE/QUEM

Nenhum comentário:

Postar um comentário