segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Márcio Garcia abre seu álbum de família em viagem para Disney
O apresentador festeja sucesso de Tamanho Família do jeito que mais gosta: ao lado da mulher, Andréa, e dos filhos, Pedro, Nina, Felipe e João, nos parques da Flórida. E já pensa em uma segunda temporada para o programa

Por Ligia Andrade
A primeira temporada do programa Tamanho Família mal terminou e já deixou saudade, tanto nos telespectadores quanto nos famosos que se emocionaram no programa comandado por Márcio Garcia, 46 anos, nas tardes de domingo na Globo, já que muitas histórias e revelações foram contadas ali.
“Me surpreendeu, não tive crítica negativa”, ressalta o apresentador. E, se depender da torcida, a segunda temporada está garantida para 2017.
“Não tem nada oficial, mas um passarinho me disse que vai ter.” Para festejar o sucesso da atração, ele levou a mulher, a nutricionista Andréa Santa Rosa, 38, e os filhos, Pedro, 13, Nina, 11, Felipe, 7, e João, 2, para os parques da Disney, na Flórida, Estados Unidos. Essa turminha é animadíssima e adora uma aventura! 
Márcio Garcia e a mulher viram criança ao lado dos filhos, Felipe (de blusa branca) e Pedro

Sendo criança “A viagem de cinco dias foi incrível! Sempre temos motivos para voltar, tem aquele brinquedo que o menorzinho não pôde ir... Ainda tem aquela sensação do inexplorado. 
João fica com os olhos arregalados o tempo todo. Para o adulto é bom, esquece dos problemas e foca no mundo das crianças.
 A convivência fica mais intensa. Chegávamos ao hotel e as crianças queriam ir para piscina.”
diversão
 “Sempre nos divertimos juntos. Curtimos montanha-russa, gostamos de ver os personagens de Star Wars e adoro as visitas sobre a história do cinema. 
Agora também dá para comer bem, tem opção de cardápio saudável, antes era só junk-food. É bom, assim Andréa não fica querendo levar a gente embora.”
Haja perna! “Às vezes, nos dividíamos, mas sempre nos encontrávamos. Andávamos cerca de 20 quilômetros por dia.
 Conseguimos ir a todos os parques. Fiz tanta coisa, vi tanto show que nem lembro, parece que fiquei lá um mês.”
Esperando a vez “Minha rotina familiar é feliz, mas é um gerenciamento de crise o tempo todo. A qualidade do convívio é quando conseguimos sair com cada um separadamente. 
Quando estamos todos juntos, mais a babá, somos sete, não tem muita ordem. Tem de levantar o braço para falar, para ter o mínimo de organização. Ainda tem o bebê... é uma loucura!”
Regras da casa
 “Temos alguns acordos e normas em casa. Eles não podem levar o celular para a mesa e o uso do videogame é de uma hora, com intervalo de 15 minutos. 
Quando Pedro está com os amigos, deixamos mais tempo, mas temos de manter o controle. 
Nossa casa tem um jardim grande, eles sobem na árvore, jogam futebol, brincam na tirolesa, na cama elástica, no escorrega... 
E ainda tem os convidados. Às vezes, são 11 crianças ocupando tudo. Em alguns momentos, todo mundo está no celular, dá um medinho, é normal. 
Tem um jogo que é de matemática, e eles dão um show. Incentivamos a leitura – Nina lê muito, Felipe, bem também, e Pedro vai mais na obrigação. 
Não temos muitos problemas. De vez em quando, escondemos o telefone, eles acabam esquecendo e fazendo outra coisa. É uma estratégia recente.”
O caçula "ficava com os olhos arregalados o tempo todo", conta o pai

Veia artística “Pedro fala em ser ator – é canceriano igual à mãe –, já fez algumas peças na escola. Agora está focado em ser jogador de futebol. 
Passou para a escolinha do Barcelona, está empolgado, se achando o Neymar. Felipe é tímido, mas começou a se soltar mais, a fazer algumas palhaçadas, tem bom timing. Nina adora escrever roteiro. Ainda é cedo dizer...”
Que mico, mãe! “Pedro está começando a namorar, vai às festas querendo chegar à 1h da manhã. Vamos juntos, ele fica meio indignado. 
Na última, os pais invadiram a pista de dança – fomos vaiados! A mãe levou bronca do Pedro porque dançou. Nos divertimos, mas tomamos dura.”
16 anos de parceria “É muito gostosa a nossa relação. Andréa parece minha namorada até hoje. É uma pessoa incrível, supermãe, parceira, aventureira, snowboarder... 
Conheci a Andréa quando tinha 22 anos, era uma criança, vi uma foto outro dia e me surpreendi. Ela está quase a metade da vida comigo.”

Rotina “Não mudei de ideia depois da vasectomia. Apesar de ninguém ter sido planejado, o último foi filho do DIU (dispositivo intrauterino).
 Temos rotina. Durante a semana, jantamos juntos às 19h30 e durmo por volta das 22h30, 23h, no máximo. 
Às 6h30, colocamos a molecada para ir à escola e vamos à academia. Por volta de 8h começamos a trabalhar. A produtora é na minha casa. Almoço com o João, que é grudado em mim.”
A família Garcia andava cerca de 20 quilômetros todos os dias. Eles contaram com a ajuda de uma guia

Sucesso de Tamanho Família “Estou feliz, me surpreendeu. Sei que meu discurso era pretensioso ao dizer que era um formato inédito. 
Mas ouvi de pessoas que não assistiam à TV que gostavam do programa, que estava agradando às crianças – uma geração que perdi de vista. 
Não teve crítica negativa, foi o primeiro trabalho que aconteceu isso. Realmente é bate-papo e brincadeira, que sempre tento fazer de forma interativa.”
Melhor presente “Faço o dever de casa, pesquiso a vida dos convidados. Meu lema na hora da gravação é me divertir. 
Não sei o que vem, não posso chegar ensaiado. Sempre tem alguma coisa inusitada. 
Tenho gravações de mensagens dos convidados dizendo que foi o melhor dia da vida deles, que depois a ficha caiu... – esse é o maior presente. Mexe mais com eles do que com quem está vendo.”
Homenageado “Estava desconfiado, mas na hora esqueci. Foi legal, esconderam todo mundo e levaram até a minha cachorrinha! 
Ela começou a sentir meu cheiro e começou a uivar. Não foi difícil me enganar. Ia ficar chateado se eles não fizessem nada (risos).”
Segunda temporada “Não tem nada oficial, mas um passarinho me disse que vai ter (em 2017). Pelo o que imagino, devemos começar a pré-produção logo. 
Se pintar alguma coisa que dê para conciliar como ator, vou analisar com carinho. Também tenho alguns projetos para cinema, mas está tudo meio lento por causa da crise, e devo filmar nos Estados Unidos.” 

FONTE/CONTIGO

Nenhum comentário:

Postar um comentário