quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Thais Fersoza e Michel Teló falam das primeiras experiências como pais de Melinda
 Com exclusividade à Contigo!, 
o casal mostra o primeiro ensaio fotográfico que fizeram com a filha, quando ela tinha apenas 15 dias de vida

 Por Mariana Silva
O amor entre Thais Fersoza, 32 anos, e Michel Teló, 35, transbordou. 
Casados há dois anos, no dia 1º de agosto, o cantor e a atriz foram presenteados com a chegada de Melinda, 2 meses.
 “A sensação de ser pai é a melhor que pude sentir e viver. Sempre tive esse sonho. 
Ser pai de menina, ainda por cima, é um chamego diferente.
 É a melhor coisa do mundo!”, exclama Michel.
 O orgulho dos pais de primeira viagem é tanto que eles autorizaram a publicação, com exclusividade de CONTIGO!, das imagens do ensaio newborn feito quando a pequena ainda tinha 15 dias.
 “Quem sempre quis as fotos foi o Michel, eu tinha dó de fotografá-la tão novinha.
 Trabalhei a ideia e, percebo, foi a melhor coisa que fizemos. 
Fiquei muito feliz com o resultado.
 É apaixonante!”, derrete-se Thais. 
Atualmente, a atriz, que pode ser vista como a vilã Maria Isabel na novela Escrava Mãe (Record), vem se redescobrindo em meio à nova rotina de mãe e não pensa em voltar ao trabalho com tanta rapidez. 
“Agora, meu desafio é me descobrir como mãe da Melinda.
 Está sendo uma fase especial e eu vou aproveitar.
 Pelo menos até ela ficar um pouquinho maior”, adianta. 
Mesmo com a pequena no colo, o casal já faz planos para o futuro e não descarta a possibilidade de, em breve, aumentar a família. 
“Quero pelo menos mais um filho, quem sabe dois”, diz Michel. 
Eles contam a nova rotina com a filha.
 Vida a três: Thais, Michel e Melinda posam no quartinho da menina
 Melinda promoveu mudanças?
 THAIS A mudança começou desde quando soube da gravidez. É um amor e uma força que nem sabia que existia dentro de mim. Me sinto abençoada e plena. A Melinda me trouxe segurança, responsabilidade e tranquilidade. Coisa que se percebe até pelo meu olhar.
 
MICHEL É muito melhor do que eu poderia imaginar e de tudo o que já senti. Ouvi dizer que menina é mais apegada ao pai e, para mim, isso já torna a experiência mais incrível. Mas, a Thais me surpreendeu. Tinha certeza que ela seria uma supermãe. A maneira como ela cuida da Melinda, a dedicação, a entrega, o amor, a disponibilidade, a sabedoria, a vontade de fazer tudo certo... É impressionante. Isso faz com que eu, como homem e marido, continue a amando e me apaixone cada vez mais por essa mulher que ela se tornou. 
 
 Um amorzinho! O ensaio reflete toda tranquilidade da bebê E em relação à rotina, como ficou? 
 THAIS Ela é bem tranquila. Puxou o temperamento do pai, que sempre foi calmo. Não tenho do que reclamar. A gente se ajuda, nos alternamos nas tarefas. Apesar de viajar em quase todos os fins de semana por causa dos shows, Michel é muito presente. Então, gostamos de fazer as coisas juntos. Ela só reclama se, realmente, tiver alguma coisa errada. É um amorzinho! 
 MICHEL Acredita que já aprendi a trocar fralda nas primeiras semanas? Estou ficando cada vez melhor nesse quesito, quero virar um expert em trocar fraldas em tempo recorde sem fazê-la chorar (risos).


 E sobra tempo para curtirem a dois? 
THAIS Temos todo tempo do mundo para ficarmos juntos. Claro que, ultimamente, vivemos mais momentos a três. Mas, estar junto é uma escolha e a vida de casal também é prioridade. Aproveitamos para ficar juntos quando ela está dormindo, por exemplo. Ainda temos nossas surpresinhas românticas, nossas brincadeiras...
 MICHEL Hoje somos muito mais amor, parceria e cumplicidade. Com a chegada da Melinda, nossa ligação só aumentou. Agora, mais do que nunca, a gente se entende pelo olhar, buscamos estar juntos. Nosso amor se valorizou ainda mais, é algo muito especial.
 
Com quem a Melinda se parece mais? 
THAIS Sem dúvida, ela é a cara do pai. Sempre foi, desde o ultrassom (risos). É mágico ver que ela estava dentro de mim e se parece com ele. Acho lindo você ter um filho semelhante à pessoa que você ama, quero mais é que fique parecida com ele mesmo.
MICHEL Pelo tom azulado, tudo indica que sim, mas não dá para ter certeza. O meu olho é azul-escuro... Tem uma probabilidade grande de o dela ficar igual. Mas, se puxar os olhos da mãe, também será a coisa mais linda do mundo.
 Como se definem como pais de primeira viagem? 
 THAIS Tenho certeza: serei uma mamãe vaidosa. Não sou de colocar laços na cabeça, porque ela é muito pequena, mas os vestidinhos... Já estou louca decidindo qual ela vai usar, onde... Como ela é muito novinha, usa mais body ou macacão. Vestidinhos mesmo, só usou uma ou duas vezes. Mas tem um monte de modelos lindos esperando ela crescer. 
 
MICHEL Sou ciumento. Acho difícil que algum pai de menina não seja. Ainda mais eu, que só tive irmãos homens, sou pai da primeira princesinha da família. Acho que, aos poucos, vou aprender a lidar. É um processo natural.


 Como pretendem conciliar a agenda profissional atribulada de vocês com a educação da pequena? 
THAIS Poderia voltar à rotina de gravações e levá-la comigo. Meu trabalho me permite isso. Mas dei muita sorte e tudo aconteceu no seu tempo certo. Como Escrava Mãe já foi toda gravada e está no ar agora, não tenho que me dividir entre casa e trabalho. Sou integralmente mãe, estou me descobrindo, descobrindo a Melinda. É uma fase muito especial. Vou curtir isso sem preocupação, pelo menos até ela ficar um pouquinho maior. 
 MICHEL Segurei minha agenda em agosto, logo quando ela nasceu. Porém, já na terceira semana do mês, a rotina de shows já voltou ao normal. Tenho tentado tocar mais nos fins de semana, pois quero estar presente na maioria dos momentos. É um momento especial e que passa muito rápido. Quero aproveitar ao máximo. 

 Pretendem dar irmãos a Melinda? 
THAIS Se Deus abençoar e quiser, sim! Porém, não agora. Também não queremos esperar muito para não ter uma diferença muito grande entre um e outro. 
MICHEL Meu sonho de começar uma família começou a se realizar quando conheci a Thais. A Melinda veio como fruto de duas pessoas que se amam muito. Peço a Deus para que venham muitos outros frutos. Quero, pelo menos, mais um filho, quem sabe dois...

 Embora produzida para a foto, no dia a dia, Melinda dispensa lacinhos e tiaras

FONTE/QUEM

Nenhum comentário:

Postar um comentário