terça-feira, 13 de dezembro de 2016

 Bruna Hamú exibe a barriguinha de 4 meses de gravidez em ensaio de biquíni 
Vem chegando o verão... E, para dar boas-vindas à estação mais quente do ano, Bruna Hamú, a Camila de “A lei do amor”, voltou aos tempos de modelo e dá aqui uma prévia do que será tendência nas areias de Norte a Sul do país.
 Sol, biquíni, bife com batata frita, arroz e feijão... 
A combinação parece um tanto inusitada num editorial de moda praia, só que em se tratando de desejo de grávida nada é de se estranhar. 
O corpo esguio da atriz ainda não dá grandes sinais da gestação de quatro meses — dependendo do ângulo, uma barriguinha aponta — mas o apetite... 
Bastou o último clique para ela devorar um PF (prato feito) à beira-mar. 
 — Não sei o que foi isso (risos). Fui dormir querendo comer feijão e enfiei na cabeça que precisava de algo que me sustentasse, porque eu estava só na salada e na fruta. 
Me senti bem melhor — diz a futura mãe de Júlio, seu primeiro filho com o empresário Diego Moregola (o nome é em homenagem ao pai do namorado).
 Na adolescência, ela conta que era complexada por causa da magreza 
Para Bruna, o verão “tem seu charme, tudo fica mais leve, sem correria e colorido”. 
E o fato de predominar a pouca roupa não significa falta de glamour. 
As peças que prometem elevar a temperatura estão cada vez mais democráticas e estilosas. 
No ensaio, a atriz exibe desde o decote ombro a ombro, passando por maiôs, até o clássico tomara que caia com hot pants, monocromáticos e de cores vibrantes. 
 E não basta desfilar fashion pelo litoral, os cuidados também têm que ser redobrados nesta época do ano:
 — Passo filtro solar no corpo todo e, no rosto, uso um fator ainda maior.
 No pós-praia abuso da água termal e do hidratante. 
Como uso secador e babyliss diariamente, o cabelo já fica muito ressecado, então tento hidratar uma vez por semana, e o xampu é sem sal.
 Belíssima, a brasiliense de 26 anos esbanja intimidade com a câmera, mas nem sempre sua relação com o espelho foi de paz e amor. 
Na adolescência, sofreu bullying por causa da magreza:
 — Me chamavam de Olívia Palito e outros apelidos, eu sofria muito. 
Cheguei a usar três calças jeans para parecer que tinha coxa. 
Nunca me achei a mais bonita (da escola), eu era complexada — revela a atriz, que aos 21 anos fez a primeira cirurgia plástica:
 — Coloquei silicone, 195ml em cada seio, na época em que eu vestia 34. Parecia uma criança, não tinha peito, perna, bunda, nada! 
Para trabalhar foi melhor, comecei a fazer mais campanhas de biquíni, lingerie...
 Hoje, eu não mudaria nada em mim.
 Namorando há 1 ano o pai do bebê, Diego Moregola, Bruna não pensa em casamento 
Em relação às transformações que o corpo sofrerá durante a gravidez, sem pânico. 
Sabe que assim que o bebê nascer tudo voltará para o lugar: 
 — Estou tentando curtir ao máximo cada fase, não tem como fugir disso.
 Na novela, a pobre menina rica vivida por Bruna desenvolveu bulimia “por carência, falta de amor”.
 Nos backstages dos desfiles internacionais, a atriz viu de perto colegas sofrerem com o distúrbio e admite a pressão: 
 — Fiz dietas malucas, passei fome, achava que ia emagrecer rapidamente, mas aprendi que isso só fazia mal. 
 A Camila de ‘A lei do amor’ diz que abusa do protetor solar e da água termal
A gravidez não foi planejada. Bruna tomava pílula desde os 16 anos, “mas aconteceu”. 
Passado o choque inicial, a família foi só alegria com a notícia.
 O parto, ela quer que seja normal. 
 — Meu corpo foi mudando, sentia como se fosse menstruar e... nada. 
Tive dor no peito e fiquei mais sensível. 
Como tenho ovário policístico, achei que fosse atraso.
 Fiz o teste de farmácia e, quando deu positivo, nunca chorei tanto na vida. 
Eu soluçava! Sempre quis ser mãe antes dos 30 — afirma. 
 No ar, Bruna não planeja casamento para agora. 
A atriz e Diego moram juntos em São Paulo: 
“Já é uma relação oficial para a gente”. 
Mas quer, sim, “fazer uma festa na praia” para comemorar.
 Preocupada com a reação da mãe, ela contou a boa-nova por mensagem. 
 — Minha mãe é muito sensível, fiquei com medo pelo fato de eu estar na novela e ela, de alguma forma, sofrer. 
Mas era coisa da minha cabeça. Mandei uma mensagem enorme me desculpando e no fim escrevi: “Tô grávida”. 
Ela leu e não respondeu. Fiquei louca... 
Foi um susto, claro, mas ela disse que era uma bênção de Deus, que estava bem. 
Aí eu fiquei tranquila — lembra Bruna, que saiu de casa aos 18 anos. 
No trabalho, a artista recebeu total apoio da diretora Denise Saraceni. 
 — Ela me deu os parabéns e disse que vai ser a melhor coisa da vida.
 Já a autora Maria Adelaide Amaral decidiu que Bruna “fica (na novela) até quando der.
 Depois, Camila vai estudar. Ela é um gênio da matemática e vai fazer carreira nos Estados Unidos”.
 Enquanto a barriga não cresce, a personagem segue vivendo seus dramas pessoais. 
Revoltada, a patricinha mimada fez uma tentativa fracassada de se prostituir. 
Foi humilhada por Tião (José Mayer), apanhou de um cliente e desistiu de fazer sexo por dinheiro. 
Contracenar com um dos maiores galãs da TV e aparecer mais exposta, em cenas de lingerie, não causaram ciúme no namorado, diz ela: 
 — Diego sempre me apoiou. Quando ele não quer, não vê. Isso nunca foi uma questão para a gente.

FONTE/EXTRAONLINE

Nenhum comentário:

Postar um comentário