sábado, 10 de dezembro de 2016

Leandro Hassum: 
Estreia da filha, Pietra, na TV Em casa, fala de peso e nova série
Por por Carlos Lima Costa 
 Na sala, entre Pietra e a mulher, Karina, o ator, que perdeu 65kg, fala da série A Cara do Pai, em que atua com a filha a partir de domingo, 18.
O fim do ano chega repleto de emoções para Leandro Hassum (43). 
O ator, que perdeu 65 quilos após se submeter a uma cirurgia bariátrica, hoje está com 85kg, admite que se descobriu um novo homem. 
Mas, entre tantas novidades, mantém intactos o humor e a paixão pela família.
 “Tem gente por aí viúva do gordo”, brinca com os que acreditam que, além do peso, teria perdido também um pouco da graça.
 “Confio no meu trabalho, sei que está bem à frente de uma barriga”, simplifica.
 E a prova é que a partir deste domingo, 18, estrela mais um trabalho, a série A Cara do Pai.
 A maior ansiedade, no entanto, fica por conta da estreia como atriz de TV da única filha, Pietra (17), da relação de 18 anos com a empresária Karina (37).
 “A primeira cena dela foi com a Mel Maia, mas estava lá assistindo, tipo pai babão, pai de miss”, destacou o comediante, em sua casa na Barra, Rio.
 Pietra está honrada. “Ele não é só meu pai.
 É um ator que sou fã desde pequena e me identifico”, assegurou. 
 O projeto nasceu de uma ideia conjunta de Paulo Cursino e Hassum, que já usava em seu stand-up situações vividas por ele com a filha. 
Na história, que agora terá quatro episódios, retornando à grade em 2017, Pietra faz Alice, filha de uma ex-namorada de Théo, vivido por Hassum, que na trama é pai de Duda, personagem de Mel. 
 Com 28 anos de carreira e consciente dos percalços da profissão, Hassum aconselhou a filha. 
“Ele me disse que o jogo nunca vai estar ganho, é cruel e difícil. 
Não posso me sentir confortável, deixar de tentar crescer porque outras pessoas vão surgir, assim vou deixar de ser novidade e sumir”, recordou-se ela, que custou a querer ser atriz, mesmo tendo, segundo os pais, o timing da comédia.
 “É diferente do meu, ela é mais sarcástica”, ressaltou ele. 
Mas, por enquanto, Pietra não foca no humor. 
“Gosto de personagens, abranger todas formas e gêneros de interpretação.”
 Ao opinar, é crítico? 
Hassum – Se achar que ela está ruim, vou falar. 
Não é só aplauso e a paparicação que fazem crescer.
 Pietra - Prefiro assim. É melhor meu pai dizer que não está bom do que um desconhecido acabar comigo após ele ter me elogiado. 

 Como recebe comentários de que perdeu a graça ao emagrecer após a cirurgia feita há dois anos?
 Hassum - Isso já me incomodou mais. Hoje, não. Não mexe na autoestima. Cheguei a um momento da carreira em que eu escolho o que fazer. Se amanhã não quiserem mais ver o Leandro, farei outra coisa com prazer. Agora, deixo claro: sempre fui um gordo feliz, olhava no espelho e me achava lindo. Até namorar nunca foi problema. Desenvolvi minha conversa porque precisava fazer a moça esquecer o que tinha do pescoço para baixo. (risos) E não emagreci por estética, mas pelas filha e mulher que amo. Quero ficar o máximo que puder com elas. Foi a melhor decisão. Mas nunca dá para deixar todos satisfeitos. 

 Qual a base da sua união? 
Hassum – Amor. Não consigo ficar longe da Karina, minha melhor amiga, conselheira, a mulher que me fez chegar aonde estou porque crê nos meus sonhos. 
 E o que você achou da mudança física de seu marido? 
Karina – É uma adaptação diária. O mais surpreendente é ver o que nunca imaginei: ele acordar às 6 da manhã para malhar, isso de domingo a domingo. Antes da cirurgia, não levantava nem para pegar um copo de água. 
 Hassum – Descobri um novo Leandro. Eu dizia que não gostava de praticar esporte. Mas não é que não gostasse, com 150kg, o peso me bloqueava porque sabia, não conseguiria fazer muita coisa.

FONTE/CARAS

Nenhum comentário:

Postar um comentário