domingo, 18 de dezembro de 2016

 Charlize Theron:
 “Não me esforço para ser eu mesma”
 Uma das atrizes mais disputadas de Hollywood, Charlize Theron chama atenção pela beleza e pela boa forma. E vai além. 
Aos 41 anos, a sul-africana se desdobra também nos papéis de mãe e ativista social.
 Desde que surgiu no showbiz, nos anos 90, Charlize Theron provou ser muito mais que uma mulher de beleza clássica irretocável. 
A ex-modelo se tornou atriz do primeiro time de Hollywood e uma das mais disputadas para trabalhos de publicidade. 
Entre eles, a parceria bem-sucedida com a Dior – há mais de dez anos, a sul-africana é o rosto dos perfumes J’adore, que acabam de lançar uma nova campanha.
 Em 2003, foi consagrada com o Oscar de melhor atriz por Monster – Desejo Asssassino, em que foi transformada e aparece inacreditavelmente horrorosa.
 Nesta entrevista, fala sobre trabalho, de seu lado ativista, e do papel de mãe de Jackson, de 5 anos, e August, de 1, ambos adotados.
 Precisamos cuidar do nosso mundo...
 Sem ele, não temos nada"
 Conte-nos o segredo de sua imagem: que dieta você está seguindo? 
Como você consegue se manter tão saudável enquanto está constantemente se deslocando entre filmagens e outras responsabilidades?
 Não tenho certeza de que estou sempre saudável (risos)! Mas eu tento… 
Honestamente, com dois filhos e trabalho, me manter saudável me dá mais energia. 

 Como você consegue se manter tão em forma? 
Gosto de atividades físicas... sempre! Especialmente caminhadas, andar de bicicleta e jet ski. 

 Você é o rosto de J’adore há mais de dez anos. Acredita que a mensagem da marca é encorajar mulheres a ser confiantes e honestas consigo mesmas? 
Sim, com certeza essa é uma das mensagens. Como mulher, tive a sorte de ter uma figura feminina forte na minha vida: minha mãe. Desde a minha primeira infância ela me ensinou a ter autoconfiança e a não ter medo. Na sua carreira, você raramente dá vida a mulheres fracas ou comuns. 

Você teria interesse em interpretar um papel sem personalidade? Ou até mesmo outros tipos de personagem?
 Se gosto do roteiro, do diretor e do projeto, estou aberta a qualquer papel como atriz... Desde que funcione. Nos seus filmes, você interpreta tipos extremos de personagens, e nas campanhas publicitárias você representa o glamour. 

Em que faceta se sente mais você mesma? 
Acho que todas as mulheres são todas essas coisas ao mesmo tempo. É um erro acreditar que alguém pode ser apenas um “personagem”.

FONTE/QUEM

Nenhum comentário:

Postar um comentário