terça-feira, 24 de janeiro de 2017

 Polliana Aleixo planeja volta à TV após férias
Por Gabriela Antunes 
 Depois de emendar trabalhos na TV dos 11 aos 18 anos, Polliana Aleixo tirou um período de férias e aproveitou o tempo livre para se dedicar à faculdade de Publicidade. 
Em 2017, porém, a atriz, que está no ar como Beatriz na reprise de "Cheias de charme", no Vale a Pena Ver de Novo, pretende voltar ao trabalho.
 - Foi bom esse tempo, mas confesso que estou com saudade da TV. 
Realmente vi que é um lugar ao qual pertenço, me sinto 100% entregue. 
Ano passado foi bom para o autoconhecimento.
 Agora estou me sentindo muito mais adulta. 
Em 2017, pretendo dar uma acelerada - avalia Polliana, de 20 anos. 
 Ela conta que o número de seguidores no Instagram cresceu depois da reestreia da trama de Filipe Miguez e Izabel de Oliveira: 
- Nunca tinha passado por essa experiência da reprise. É muito engraçado se rever em cena. Eu tinha 15 anos. 
Estão todos comentando sobre isso comigo. 
 Longe da televisão desde "Em família", exibida em 2014, a atriz acertou sua participação como porta-voz no Festival Arun, de arte universitária, que começa em abril. 
Por enquanto, não tem projetos para a TV: - Vamos passar por dez capitais. 
Será muito legal, pois é bem diferente de tudo o que eu já fiz, mas ao mesmo tempo dentro de uma área que eu gosto, a música. 
 Polliana, que costuma receber elogios nas redes sociais, diz que seus cuidados com a aparência não são excessivos. 
Ela, que precisou engordar para a personagem de "Em família", perdeu 14kg ao fim da novela e hoje pesa 50kg: 
- Sou zero neurótica, não me privo de nada, não me cobro, ainda mais de férias.
 Gosto de pensar que comer sem culpa engorda menos do que comer com culpa. 
Amo lutas e, ano passado, descobri o pilates, que melhora tudo, da respiração à postura. 
Tento fazer coisas que me dão prazer.
 Segundo Polliana, a sua forma de lidar com o corpo mudou depois da experiência na trama de Manoel Carlos:
- Abri mão da vaidade e estava num papel em evidência. Recebia elogios e também comentários gordofóbicos. 
Eu estava supersegura do que estava fazendo, então foi muito gratificante. 
Eu, como atriz, quero sempre estar levantando bandeiras. 
Falar pela minoria é muito importante. 

FONTE/OGLOBO

Nenhum comentário:

Postar um comentário