quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

 Luma Costa:
 "Queria ser âncora do Jornal Nacional"
 Luma Costa precisou lutar para se tornar atriz. Passou por decepções e até pensou em seguir outros caminhos. 
Hoje, a mãe de Antônio, de 2 anos, curte o sucesso de sua Elisa, de Sol Nascente 

Por Rafael Godinho 
 Não há boa mãe que não seja fã número um de uma boa filha – mas há aquelas que vão ainda mais longe. 
“Foram diversos ‘nãos’ e muitas injustiças, que me faziam sofrer bem mais do que minha filha”, diz Luiza, mãe da atriz Luma Costa, a Elisa de Sol Nascente, de 28 anos.
 Ela chegou a pedir demissão do emprego na administração de uma escola para poder acompanhar a filha. 
“Não estava preparada para tanta dificuldade! Mas a Luma, sim”, conta Luiza. 
 Carioca, Luma cresceu em Copacabana e deu seus primeiros passos na carreira artística aos 12 anos, quando sua mãe a matriculou no curso de teatro do Tablado. 
“Ela sempre foi minha maior fã”, diz a atriz, que, poucos meses depois, já conseguiu seu primeiro papel na TV – a Ermelinda, de Um Anjo Caiu do Céu (2001). 
Luma também lembra com alegria dos momentos ao lado do pai, o empresário Jorge. 
“Vivia na praia com ele, brincando, livre. Embora estejam separados, eu e meus pais sempre lidamos muito bem com isso”, revela.
 Até se firmar na carreira, foram muitas horas de transporte público para fazer figurações, participações e testes. 
Aos 15 anos, Luma entrou no elenco da novela Começar de Novo (2004) e teve a carteira de trabalho assinada pela primeira vez. 
Na trama, contracenou com Marília Pêra, seu ídolo maior na TV. “Trabalhei com ela de novo oito anos depois, em Pé na Cova. 
É minha grande inspiração. Tudo que eu fizer daqui para frente será tentando honrar as aulas que ela me deu”, declara. 
Miguel Falabella, criador do seriado, não poupa elogios a Luma. “É uma atriz sempre disposta a dar o seu melhor, além de uma companheira de trabalho muito especial.
 Vai ser eternamente minha Odete Roitman, filha amada”, diz o diretor, referindo-se à personagem da atriz no humorístico. 
 Mart’nália fez par romântico com Luma no seriado Pé na Cova. A personagem da atriz, Odete Roitman, filha de Ruço (Miguel Falabella) e Darlene (Marília Pêra), a tornou conhecida do grande público
 Luma está no ar em Sol Nascente como a beata Elisa, parceira do detetive Damasceno, vivido por Emílio Orciollo Netto. 
A atriz passou por uma grande mudança no visual para interpretar a personagem
 Mesmo convicta de que queria continuar na profissão, Luma chegou a cursar comunicação social, como segunda opção de carreira. 
“Fiz até o quinto período de jornalismo. Queria ser âncora do Jornal Nacional. Mas tranquei a matrícula. Não me arrependo. 
Temos que fazer o que nos dá felicidade”, opina. Atualmente, a atriz divide seu tempo com as obrigações de mãe de Antônio, de 2 anos, de seu casamento com Leonardo Martins. 
“Luma é uma pessoa extremamente divertida”, diz o empresário. “Ela é superfamília, adora receber amigos em casa, cuida de cada detalhe, desde a decoração até o que vai ser servido”, conta ele. 
 A atriz diz que gosta das funções de dona de casa. “Adoro decorar uma mesa de café da manhã”, orgulha-se. Mas, da cozinha, quer distância: “Não faço nem ovo frito”.
 O corpão, ela diz que mantém com muito exercício. “Faço crossfit e muay thai. E cuido da saúde. Depois que o Antônio veio, fiquei mais consciente”, conta ela, que pretende aumentar a família. 
“Quero ter uma menina. Se nascer menino, tento o terceiro. Mas, mais que três é complicado. Não cabe no carro, né?!”, brinca.

FONTE/QUEM

Nenhum comentário:

Postar um comentário