sábado, 11 de fevereiro de 2017

"Daniel é um homem de família (linda!) 
Antes da estreia no Carnaval de São Paulo, o cantor aproveita as férias em Santa Catarina com a família e revela que planeja ter mais um filho com Aline

 Por Adriana Trujillo 
Enquanto Lara e Luiza brincam na varanda, Daniel pega o violão. Basta o cantor começar a tocar para as meninas se juntarem ao pai.
 Ele e as filhas cantam um hit sertanejo observados pela mamãe coruja, Aline de Pádua Camillo, companheira do artista há 16 anos. 
“Família é tudo. O que a gente mais gosta na vida é de estar junto, independente do lugar em que esteja”, diz Daniel, durante dias em que uniu trabalho e lazer com a família no Costão do Santinho, em Santa Catarina. 
“Foi um tempo com elas, onde pudemos ficar colados, conhecendo a cada dia mais minhas filhas e sentindo o respiro delas perto de mim”, emenda ele, que também se divertiu nos parques de Orlando, na Flórida, antes de retomar os trabalhos no Brasil. 
Se depender de Daniel, 2017 será um ano ainda mais especial. 
“Não consigo separar o lado profissional do pessoal, pois amo o que faço. 
As pessoas percebem quando estamos bem ou não. 
Realizei no ano passado um dos meus maiores sonhos, que foi cantar com Andrea Bocelli, e, em outubro, volto a Aparecida para as comemorações aos 300 anos de aparição dessa santa da qual sou devoto”, conta Daniel, que fará sua estreia no Carnaval paulistano, na Unidos de Vila Maria. 
“Estou muito feliz, pois a escola de samba homenageará Nossa Senhora Aparecida. 
Será uma grande emoção”, diz. Metade da Laranja “Você constrói a pessoa da sua vida. 
Essa história de tampa de panela é uma questão de oportunidade, disponibilidade e hora certa. 
É óbvio que Aline é a mulher da minha vida. 
Não me casei para não dar certo. Cada um tem suas vontades, desejos e sua vida. 
O que mais admiro nela é a determinação. 
Aline não espera as coisas caírem do céu e nem vive em função de alguém. 
Ela é inteligente, carinhosa, cuidadosa. 
Além de ser bela, é um símbolo de mulher que sempre quis para mim.
 Ela também me surpreendeu como mãe, é maravilhosa. 
Sou fã dela, ainda mais de quando começamos o nosso relacionamento.”
 O cantor gosta de estar rodeado pela família, seja na praia ou no campo
 Exemplo de união 
“Sempre sonhei em formar uma família. 
No decorrer da vida, os pensamentos se perderam e eu não sabia se iria ser pai um dia. 
Meus pais sempre foram um exemplo de união e eu também queria isso para mim. 
Ainda bem que consegui formar a minha família.” 

 Casa cheia
 “Penso, sim, em ter mais um filho. Não sei como vai ser, pois não depende só da gente. O tempo passa muito rápido e as coisas vão se modificando, se moldando. Tem coisas que não cabem só a nós. Que seja da forma que tiver que acontecer e que venha no momento e hora certos. Estou muito realizado em tudo o que eu consegui conquistar na minha vida. Dizer que eu preciso de mais um filho para me realizar mais, não, muito pelo contrário. Teria mais um porque curto ter gente por perto e porque gosto de arrebanhar pessoas. Gosto de família grande. Seria muito legal ter mais alguém em casa. Se tiver que ser, vai ser.” 
 Delicioso aprendizado 
“Ser pai é bom demais. Tem sido uma experiência incrível desde a primeira vez que peguei a Lara no colo. A minha vida se transformou e me vejo uma pessoa muito diferente daquilo que eu era. Sempre fui uma pessoa muito consciente das coisas, do mundo, mas hoje tudo mudou. Me pergunto todo dia que razão tinha a minha vida antes de ter as minhas filhas. É uma diferença absurda o amor que sinto por elas. Me realizo a cada dia mais, aprendendo, amadurecendo. Ser pai é um privilégio.”  

Carinho do casal
 Daniel afirma que Aline é a mulher de sua vida, que é romântico e ciumento na medida O rei da casa “Por ser o único homem da casa eu me sinto paparicado, mas ao mesmo tempo mais responsável ainda. Representa que sou o guardião da casa. É muito gostoso o carinho delas comigo. Conviver com as pessoas é difícil, mas sempre tem o lado bom. Nossa convivência é muito harmoniosa e verdadeira. A gente se diverte junto, a gente ri, a gente chora e cria as coisas juntos. Se fosse tudo perfeito, não teria tanta graça. Há uma diferença absurda do homem para a mulher e eu tive que aprender. Hoje me adapto melhor a isso.” Sem mensagem no celular “Sou romântico e transpareço isso através das minhas músicas. Essa é a minha essência. Mando flores e prefiro escrever bilhetes a mandar mensagem no celular, por exemplo. Me considero um ciumento moderado, porém, consigo colocar limites.” 

 Fase Pegador
“Fui muito namorador. Tive a minha primeira namorada aos 16 anos e não parei mais. Falei isso na minha biografia e não tenho medo de assumir meu passado, muito pelo contrário. Sempre cuidei com carinho de todas as pessoas que estiveram comigo e me preocupei com quem estava ao meu lado. Se aconteceu é porque tinha que acontecer.” “Ser pai é um privilégio. Penso, sim, em ter mais um filho, mas isso não depende só da gente” Jovem para sempre “Sou realizado em todos os aspectos. No futuro me vejo um velhinho na idade, mas jovem no espírito, uma eterna criança e com vontade de realizar as coisas, principalmente continuar cantando. Também quero continuar me preocupando sempre com as pessoas não só ao meu redor.” 

 Mais de 30 anos de carreira
 “Diante de um mercado com tantos talentos, eu só tenho que agradecer a Deus e a todos que me cercam por ter chegado até aqui. Ter deixado um legado não tem preço. Me sinto vitorioso.” Bom coração “É difícil falar da gente. Minha maior qualidade é me preocupar com os outros, querer o bem das pessoas. Meu maior defeito é querer ajudar todo mundo e não conseguir. Não somos capazes de abraçar tudo.”
FONTE/CONTIGO

Nenhum comentário:

Postar um comentário