quinta-feira, 13 de julho de 2017

 Karin Roepke sobre namoro com Edson Celulari:
 "A diferença de idade não é uma questão" 
Por Fabio Cordeiro
Karin Roepke, de 35 anos, lembra como começou na vida artística e fala sobre sua relação com Edson Celulari, 24 anos mais velho. 
No dia 6 de julho, ela reestreiou a peça Marido Ideal, que fica em cartaz no Teatro Dulcina, no Rio, até o fim do mesmo mês. 
Veja 8 coisas sobre a atriz:

 1. Dava aula de sapateado
“Comecei minha carreira na dança. Só depois, fiz aulas de teatro e canto. Desde pequena, fazia balé, jazz e sapateado. Com 12 anos, ia para a academia às 14h e ficava até as 21h fazendo aula de tudo que podia. Com 15, já dava até aula de sapateado.” 
 2. Namora Edson Celulari
 “A diferença de idade não é uma questão. O que nos une não é a diferença e sim as semelhanças. Nosso relacionamento é harmonioso. Gostamos muito de estar juntos.” 
 3. Estudou em colégio católico 
“Fui o anjo da coroação de Nossa Senhora Auxiliadora no Centro Educacional Maria Auxiliadora, em Brasília, onde estudei a vida toda. Já cantei na igreja e participava de grupos católicos jovens. Nos momentos de angústia, faço a oração do Santo Anjo, que aprendi com minha mãe. Me traz conforto.” 

 4. É viciada em séries 
“Paro minha vida para assistir a uma temporada nova de um seriado que eu goste (risos). Fico angustiada e envolvida; às vezes, acordo no meio da noite pensando nos ganchos entre os personagens. Amo House of Cards e Game of Thrones! E o Edson me acompanha. Comemos pipoca e revezamos no mate ou no refrigerantezinho.”
 5. É formada em Arquitetura e Urbanismo
 “O Oscar Niemeyer foi o paraninfo da minha formatura. Fiz só um projeto de arquitetura antes de decidir seguir pela carreira artística. Mas foi incrível: a escola de música de um amigo. Lembro que fiz um painel de ladrilhos com imagens de guitarras e tudo mais.” 6 Tem ascendência alemã “Meu bisavô era alemão. Cresci com as tradições alemãs por muito tempo. Lembro que ia para a casa da minha avó, em Santa Catarina, e ela fazia todas as comidas tradicionais: cuca alemã e outros pratos. Tentava falar em alemão comigo e com a minha irmã. Mas não aprendi.” 
7. Já foi confundida com a cantora Deborah Blando
 “Sempre me falaram que eu pareço com a Deborah Blando. Com 12 anos, meus amigos inventaram que eu ia fazer um show como cover dela, em Brasília. Era a época em que ela cantava aquela música ‘Raiou o sol, olha o mar, que alegria...’ (risos). Mas não a conheço e nunca a encontrei.” 
 8  Reestreiou a peça Marido Ideal 
“É de Oscar Wilde. Conta a história de um ministro na Inglaterra do século 19 que é chantageado. Faço a mulher dele, que deveria ser a ‘bela, recatada e do lar’, mas que não se mostra tanto assim (risos).”

FONTE/QUEM

Nenhum comentário:

Postar um comentário